Adriano deve pedir rescisão de contrato com o Corinthians

Adriano deve pedir rescisão de contrato com o Corinthians

Por Meu Timão

14 mil visualizações 0 comentários Comunicar erro

Adriano ainda não se adaptou, afinal, e acabou de vetado pela comissão técnica

Adriano ainda não se adaptou, afinal, e acabou de vetado pela comissão técnica

O atacante Adriano deve deixar em breve o Corinthians. As informações foram dadas pelo comentarista Neto no programa Domingo Esportivo Bandeirantes, apresentado por Milton Neves.

Segundo Neto, o jogador pedirá à diretoria do clube para ter o contrato rescindido. O atacante já estaria no Rio de Janeiro e, ao que tudo indica, não deve voltar mais para São Paulo.

Antes da viagem, Adriano disse que precisaria ficar em casa durante dois dias para pensar no futuro.

As polêmicas de Adriano no Corinthians voltaram à tona depois que o técnico Tite decidiu não escalá-lo na partida contra o Guarani. O treinador também anunciou o afastamento no jogo com o Cruz Azul, no México, pela Copa Libertadores.

“Ele está fora da equipe, fora da concentração. Não treinou como gostaríamos que treinasse durante a semana e evoluísse. Por isso está fora”, disse Tite, em entrevista coletiva que começou com bastante atraso no CT do Timão.

Fonte: Band - Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Pedrinho (à frente) será titular nesta quarta-feira; Jonathas, opção no banco

    Loss define escalação do Corinthians para decisão contra Chapecoense, mas pode ter baixa

    ver detalhes
  • Ricardo Fischer foi o cestinha da partida com 29 pontos anotados

    Corinthians se impõe no Parque São Jorge e vence a primeira no Paulista de basquete

    ver detalhes
  • Daniel Marcos assinou seu primeiro contrato profissional com o Corinthians

    Ex-Palmeiras, lateral-direito de 16 anos assina contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes
  • Fiel aproveitou o tuíte do Atlético-MG para zoar o time de Minas Gerais

    Torcedores corinthianos veem plágio e zoam Atlético-MG em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes