Após cogitar festa no Pacaembu, Corinthians pode homenagear elenco

Após cogitar festa no Pacaembu, Corinthians pode homenagear elenco

Corinthians pode fazer outra festa pra receber os campeões mundiais

Corinthians pode fazer outra festa pra receber os campeões mundiais

Foto: Eduardo Viana

O reencontro do elenco campeão do mundo com a sua torcida seria uma festa no Pacaembu para o próximo sábado, mas o projeto não saiu do papel. Como o estádio está indisponível na data que o clube queria, a recepção da torcida aos heróis do Japão e também a novos contratados como Alexandre Pato e Renato Augusto pode acontecer antes da segunda rodada do Campeonato Paulista.

O plano não saiu do papel porque a data desejada pelo Corinthians era o próximo sábado, 19 de janeiro, um dia antes da estreia no Campeonato Paulista contra o Paulista, em Jundiaí. O problema é que no mesmo dia o Pacaembu já está reservado para o Bike Tour, evento ciclístico no qual os participantes farão o percurso passando por dentro do estádio.

Como os jogadores estão em pré-temporada, não é interessante para o clube quebrar a rotina de treinamentos para fazer uma festa convencional. Sem o Pacaembu, o Corinthians teria a opção do Parque São Jorge, mas a falta de segurança para receber o público frustra qualquer programação do tipo.

As informações foram confirmadas por Roberto de Andrade, diretor de futebol do Corinthians, na última sexta-feira. A ideia do clube era fazer um treino aberto para a torcida, em que o ingresso seria um quilo de alimentos não-perecíveis que seriam doados para as vítimas das chuvas em Xerém, no Rio de Janeiro.

A ação permitiria que a torcida tivesse a festa com os campeões que não aconteceu em dezembro. Na volta do Japão, a viagem cansativa fez o Corinthians antecipar o fim da festa nas ruas de São Paulo, que durou poucas horas.

Além disso, também seria uma chance de os novos contratados se apresentarem diante do público. Enquadrados em uma política de discrição, Renato Augusto, Gil e, principalmente, Alexandre Pato não tiveram contato direto com o torcedor e foram apresentados no CT Joaquim Grava, somente com a presença da imprensa.

“O problema é que agora a gente fica sem data, com o começo do Paulista”, disse Roberto de Andrade. Uma das poucas opções é uma homenagem mais simples antes do jogo da segunda rodada, contra a Ponte Preta, no dia 23, o primeiro do Corinthians em casa neste ano. “Pode ser, vamos avaliar”, completou o dirigente.

Fonte: Boa Informação

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes