Tite põe meta para defesa e série no Paulista pode mudar time titular

Tite põe meta para defesa e série no Paulista pode mudar time titular

Tite põe meta para defesa e série no Paulista pode mudar time titular

Tite põe meta para defesa e série no Paulista pode mudar time titular

Gustavo Franceschini
Do UOL, em São Paulo

A defesa do Corinthians, que começou o ano atrapalhada e desatenta, aparentemente entrou nos eixos. Mesmo assim, Tite impôs uma meta para seus zagueiros e volantes, e não descarta encerrar essa série de partidas do Paulista com um time titular diferente daquele que ele tem hoje.

'Com os três de hoje [sábado], o nosso ataque deve ser um dos melhores da competição. Mas temos de igualar as melhores defesas, que são do São Paulo e da Ponte Preta. Tem de retomar esse padrão, coisa que vocês me cobraram de forma correta?, disse Tite, em entrevista coletiva após a vitória por 3 a 0 sobre a União Barbarense.

A tabela de classificação do Paulista mostra que o Corinthians, está de fato, entre os melhores ataques do torneio. São 21 gols marcados, mesmo número de Mogi Mirim e um a menos que o Santos, líder no quesito.

O número ofensivo condiz com aqueles apresentados na temporada passada, marcada pelo sucesso nas competições internacionais. A defesa deste ano, em compensação, vinha mal no início do ano. Em dado momento do ano, o Corinthians chegou a ter média de 0,7 gols sofridos por partida, quando em 2012 a média foi de 0,28 na Libertadores, por exemplo.

Nos últimos jogos, o cenário mudou. Os comandados do técnico Tite sofreram apenas dois gols nos últimos seis jogos, que incluem três partidas pela competição continental. A defesa alvinegra só foi vazada pelo Ituano, quando o Corinthians jogou com um time misto.

No total, foram 11 gols sofridos no Paulista. A Ponte Preta foi vazada sete vezes, e o São Paulo outras nove. A meta de Tite é manter o 'corpo fechado? até que o Corinthians possa rivalizar com essas equipes no quesito.

Daqui até o início de abril, quando o clube volta a jogar pela Libertadores, a missão dele será manter a ascensão sem seus titulares, que devem ser poupados de algumas partidas. Pelas palavras do treinador, no entanto, isso não será um problema. Há o risco até de que algum daqueles que hoje são reservas ganhe seu espaço na equipe ideal.

'A ideia da meritocracia vai continuar sempre. Gosto de todos, vai ter o melhor momento de cada um. Tomara que eu e a comissão tenhamos sempre o bom senso de avaliar. Tem gente que luta pelo espaço. É o grande aprendizado que eu tive. São Paulo mostrou isso, o Fluminense mostrou também, que ter grupo qualificado e forte é importante?, disse Tite.

O principal candidato à titularidade, coincidentemente, é justamente um defensor. Antigo capitão e um dos heróis do Mundial do ano passado, Chicão voltou de lesão e já atuou em duas partidas pelo Paulista. Paulo André, que até então vinha formando a zaga com Gil, fraturou a mão esquerda e perderá pelo menos mais uma partida.

Além dele, Douglas, Jorge Henrique e Emerson são os que mais mostram disposição de ganharem uma vaga. 'É difícil. Eu falo isso para eles. Ninguém vai tomar o lugar de ninguém. Quando machucou, a culpa não foi minha. Você tem de repor, e o atleta respeita qualidade. Vocês [repórteres] mesmo se respeitam quando tem qualidade do outro lado?, receitou Tite sobre a disputa interna.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes