Jô invade programa de Galvão, faz graça e conta que é membro honorário da Gaviões da Fiel

Jô invade programa de Galvão, faz graça e conta que é membro honorário da Gaviões da Fiel

Por Rogerio Jovaneli | TV Esporte Blog

O humorista e apresentador Jô Soares acabou roubando a cena ao aparecer de surpresa no programa "Bem, Amigos!", de Galvão Bueno que, nesta segunda, comemorou dez anos no ar no canal fechado SporTV. A aparição repentina fez de Galvão, habitualmente estrela da atração esportiva, quase um coadjuvante.

Jô tomou conta do espaço e desandou a falar ao microfone, interagindo com os presentes, caso do atacante Alexandre Pato, do Corinthians, do comentarista Casagrande, que recebeu uma emocionante homenagem do narrador (quase foi às lágrimas) em função de sua história de vida contada no livro “Casagrande e seus demônios”, que será lançado nesta terça-feira, em São Paulo. Tanto Casão quanto Pato foram "intimados" por Jô a marcarem presença em seu programa de entrevistas.

Direcionando-se ao outro comentarista da TV Globo, o ex-jogador Caio, Jô mandou essa: "esse menino ficou tão mais bonito depois que parou de jogar, não ficou? Tá mais palpável". E acrescentou: "eu tenho umas perguntas pra fazer pro Casa quando ele for no meu programa, então não vou gastar aqui."

"Olha, Zezé de Camargo e Luciano, vocês me dão um autógrafo", disse Jô, em nova brincadeira, dessa vez com a dupla sertaneja, atração musical da noite festiva do "Bem, Amigos". O narrador Cléber Machado também marcou presença no programa.

O apresentador chegou a falar de futebol, sobre a sua preferência por Pato e Fred, jogador do seu Fluminense, como dupla de ataque da seleção brasileira. No entanto, a declaração mais surpreendente de Jô Soares foi sobre a relação dele com o Corinthians, isso mesmo ele sendo torcedor declarado do carioca Fluminense. Tudo por conta de um personagem humorístico que ele criou envolvendo o time alvinegro.

"Você sabe que eu sou membro honorário da Gaviões [da Fiel, torcida organizada do Timão]. Tenho até um trofeu em casa que me levaram. Sabe por que esse prestígio todo? Porque eu fiz um personagem que era um corintiano e nesse ano o Corinthians foi campeão depois de 23 anos sem ser campeão. Então me homenagearam como membro honorário da Gaviões", contou. "E teve um ano que o Fluminense foi campeão, eu tava fazendo show e teve um torcedor corintiano que foi nos fundos do teatro, no intervalo, me levar uma camisa do Fluminense", acrescentou Jô.

Fonte: TV Esporte Blog

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes