Renato Augusto repete atuação de maestro e deve ser titular no clássico

Renato Augusto repete atuação de maestro e deve ser titular no clássico

590 visualizações 5 comentários Comunicar erro

Renato Augusto repete atuação de maestro e deve ser titular no clássico

Renato Augusto repete atuação de maestro e deve ser titular no clássico

Do UOL, em São Paulo

Renato Augusto, principal pedido da torcida e um dos responsáveis diretos pela vitória do último domingo contra o Criciúma, deve seguir como titular do Corinthians. Com Emerson suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Tite já deu sinais de que o camisa 8 será mantido diante do Santos, na Vila Belmiro.

'A tendência é essa [manter o time]. A equipe foi bem', disse Tite à rádio Globo, após o 2 a 0 em Santa Catarina.

Emerson recebeu o terceiro cartão amarelo por um carrinho no ataque, nos acréscimos da partida, quando o Corinthians já vencia por 2 a 0. Com isso, mais uma vez ele não poderá começar o jogo ?' no último domingo ele começou no banco por ter apresentado desgaste nos exames físicos.

Em Criciúma, Renato Augusto foi a opção de Tite, e mais uma vez não decepcionou. Foi dele o primeiro gol, aos 10 minutos do primeiro tempo, que abriu caminho para a vitória. Além disso, ele também foi o maestro do time.

Renato Augusto foi o jogador mais acionado do confronto (36 bolas recebidas), o que mais driblou (três vezes) e quem mais acertou cruzamentos (quatro), segundo números do Datafolha. Dos pés dele saíram a maior parte das jogadas do Corinthians na partida, repetindo o roteiro que tem sido visto desde o início do ano.

Contratado do Bayer Leverkusen no início do ano, Renato Augusto hoje é a primeira opção de Tite para qualquer uma das três posições do meio-campo. Em sua trajetória no clube, ele chegou a ser titular da equipe quando o Corinthians viveu sua melhor fase, na primeira fase da Libertadores, formando o setor ofensivo com Danilo, Alexandre Pato e Paolo Guerrero.

Depois disso, porém, ele sofreu com uma lesão muscular que o deixou longe dos gramados por três meses. Quando voltou, ele sofreu uma fratura no rosto e perdeu mais algumas partidas. Agora, pede passagem, apesar de Tite ainda relutar em falar do assunto.

'Eu não me preocupo. Eu confesso que em casa eu pensei: "Tenho de encontrar uma forma original de responder por que quem tá fora tem de entrar". Então, quem eu tenho de tirar?', disse Tite, ao que o repórter respondeu: 'Eu que te pergunto'.

'A concorrência dentro de campo é fundamental. É muito melhor o técnico ter essa pressão, mas contar com o grupo', se esquivou Tite, sem responder diretamente sobre Renato Augusto, que também não quis entrar na discussão.

'Achei que fui bem, no início eu pequei em tocar de primeira, poderia ter segurado mais. É importante jogar os 90 minutos, estou bem, sei que posso melhorar. Degrau por degrau, posso evoluir', disse o meia.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Top fregueses do Corinthians | #43

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Os maiores fregueses do Corinthians

    ver detalhes
  • Roger foi apresentado como novo centroavante do Corinthians nesta sexta-feira

    Roger é apresentado no Corinthians e lembra de passado torcedor na cidade de Campinas

    ver detalhes
  • Recém-chegado, Roger participou do treino do Corinthians nesta sexta-feira

    Volta de emprestado, presidente na área e Roger em campo... a sexta-feira do Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik não enfrenta Paraná Clube neste domingo

    Sem Roger nem Sheik: Carille relaciona 22 para jogo contra Paraná

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes