Boato sobre goleada por 12 a 0 sofrida pelo Corinthians em 1971 é desmentido por historiador

Boato sobre goleada por 12 a 0 sofrida pelo Corinthians em 1971 é desmentido por historiador

Boato sobre goleada por 12 a 0 sofrida pelo Corinthians em 1971 é desmentido por historiador

Boato sobre goleada por 12 a 0 sofrida pelo Corinthians em 1971 é desmentido por historiador

Após a goleada por 8 a 0 sofrida pelo Santos para o time do Barcelona, na semana passada, um boato sobre um vexame internacional ainda maior, só que do Corinthians, começou a pipocar nas redes sociais. De acordo com o rumor, em julho de 1971, o Timão teria sido derrotado por 12 a 0 pelo Bárbara FK, da quarta divisão da Noruega, mesmo mandando a campo nomes como Luis Carlos, Zé Maria, Rivellino e Samarone.

Em seu Facebook oficial, o historiador Celso Unzelte, autor do Almanaque do Timão, publicou um texto confrontando os rumores divulgados nas redes sociais (confira abaixo na íntegra).

A quem possa interessar:

Mais uma vez, vou me valer deste espaço para, jornalisticamente, prestar informações e esclarecimentos a respeito da história do Sport Club Corinthians Paulista, base de um dos meus trabalhos. Desculpe-me se me alongo, mas a extensão do texto a seguir se faz necessária.

- Sobre a informação de que o Corinthians teria sido derrotado por 12 x 0 pelo Bárbara, da Noruega, em 10 de julho de 1971:

1) Pelo que pesquisei até hoje, o Corinthians jamais jogou na Noruega. O que não impede que um dia essa informação apareça.

2) No meu livro Almanaque do Timão, no período entre 27/6/1971 (empate por 1 a 1 diante do Botafogo, em Ribeirão Preto) e 29/7/71 (vitória por 3 a 1 sobre o San Lorenzo, da Argentina), não constam outras partidas PELO SIMPLES FATO DE QUE O CORINTHIANS NÃO ENTROU EM CAMPO (não manipulo a história em favor de meu próprio clube, que tomo mundo sabe qual é. Não marco nem sofro gols, apenas os registro, desde que EXISTAM).

Ocupei-me de uma pesquisa on line nos arquivos do jornal Folha de S.Paulo e descobri os fatos que relato. Quem quiser comprovar pode seguir os links indicados:

- No jornal de 7 de julho (http://acervo.folha.com.br/fsp/1971/07/07/2/), consta que estariam marcados dois amistosos para o período, contra a Portuguesa (para 25 de julho) e a Seleção da Hungria, que estava no Brasil para enfrentar a Seleção Brasileira. Ambos acabaram não se realizando.

- No jornal de 9 de julho (http://acervo.folha.com.br/fsp/1971/07/09/2/), consta que no dia anterior o Corinthians teria realizado testes físicos no Parque do Ibirapuera. Como poderia, em menos de 48 horas, estar na Noruega?

- No jornal de 10 de julho (http://acervo.folha.com.br/fsp/1971/07/10/2/), que seria o dia do tal jogo, há uma notícia sobre o cancelamento do jogo contra a Hungria e de que o empresário Daniel Pinto, que estava organizando uma excursão do clube à América do Sul (e não à Europa), não havia dado mais notícias.

- O jornal de 18 de julho (http://acervo.folha.com.br/fsp/1971/07/18/20/) dá conta de que Vaguinho estrearia no dia 4, contra o Atlético Mineiro, o que de fato aconteceu.

- O jornal de 20 de julho (http://acervo.folha.com.br/fsp/1971/07/20/2/) noticia o cancelamento de um amistoso contra o Palmeiras, que seria no dia 25.

- Finalmente, o texto publicado pela Folha de S.Paulo em 21 de julho (http://acervo.folha.com.br/fsp/1971/07/21/2/) não deixa dúvidas, dizendo que 'como ainda não jogou desde o fim do Campeonato Paulista', o Corinthians procurava marcar 'pelo menos dois amistosos' antes do início do Brasileiro.

Acrescentado que no período abordado os atletas Ado, Zé Maria, Luís Carlos e Rivellino, todos citados como tendo atuado no dia da tal goleada, estavam a serviço da Seleção Brasileira, para uma série de amistosos: 1 a 1 com a Áustria, despedida de Pelé no Morumbi; 1 a 0 na Tchecoslováquia e 2 a 2 com a Iugoslávia, despedida de Pelé no Maracanã; 0 a 0 com a Hungria, no Maracanã; 1 a 0 no Paraguai, no Maracanã; 1 a 1 e 2 a 2 com a Argentina, pela Copa Roca.

Espero ter contribuído para o esclarecimento deste fato.

Celso Unzelte

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes