Presidente do Corinthians revela pacto de vitórias e comenta sobre Pato e Emerson

Presidente do Corinthians revela pacto de vitórias e comenta sobre Pato e Emerson

Mário Gobbi fala sobre o resgate de digninade do time

Mário Gobbi fala sobre o resgate de digninade do time

Foto: Agência Estado

Como esperado, até o presidente do Corinthians Mario Gobbi concedeu entrevista coletiva após a eliminação na Copa do Brasil. O mandatário afirmou que o grupo fez um pacto para conseguir as oito vitórias que restam no Brasileirão para assim, sonhar com uma vaga na Taça Libertadores. Além disto, ele falou sobre a renovação de Emerson Sheik e do futuro de Alexandre Pato.

"Fizemos um pacto no vestirário para encerrar a temporada com oito vitórias no Brasileirão. O compromisso é que encerre o ano com dignidade. Todos estão cientes de que precisam fazer o possível e impossível para o Corinthians chegar ao G4. A diretoria do Corinthians tem cobrado e quer isto. Vamos sangrar por estes pontos", comenou Gobbi, que aparentava estar calmo.
Sobre Pato, o presidente afirmou que ele continua como jogador do clube. "Pato é jogador do Corinthians, não sei até quando vai o contrato dele, mas ele vai cumprí-lo. Ele foi mal no pênalti, mas teve quem batesse bem e não fez, é pênalti. Vai cumprir o contrato dele. Temos que fazer ele jogar, porque ele tem potencial. Se cobra mais de quem tem mais para dar. Ele tem o dom de jogar futebol e até agora não conseguiu jogar no Corinthians".

Sobre a renovação de Sheik, Gobbi não aparentou estar contente com o rendimento do atacante. "Não foi benéfico a expulsão dele (Emerson foi expulso aos 41 minutos do segundo tempo). Quanto a renovação do contrato, se eu não renovasse, todos iriam estar falando que o Corinthians não passou de fase porque eu não renovei com o ele. As vezes, no futebol é necessário arriscar. Se não estamos contentes, temos que cobrar a conduta que o Corinthians acha necessária".

"Na verdade este semestre, o time não fez uma campanha a altura do que o grupo tem, tivemos uma queda de rendimento. Estamos trabalhando para o grupo voltar a jogar o potencial que tem. Ninguém desaprende, o futebol tem dessas coisas. Já estivemos pior. A torcida pode ter a certeza que estamos cobrando muito para melhora", finalizou Gobbi.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Romero será um dos titulares na última partida do ano

    Libertadores, vingança e tributo: Corinthians encara Cruzeiro neste domingo

    ver detalhes
  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes