Corintiana gasta R$ 16 mil em roupas do clube e adere até a plano funerário

Corintiana gasta R$ 16 mil em roupas do clube e adere até a plano funerário

Corintiano não vive de título, vive de Corinthians. O slogan da campanha publicitária de um patrocinador do clube foi abraçado pelos torcedores e é levado ao pé da letra por uma senhora de 60 anos. Funcionária pública, Nanci Silva 'não mede esforço, pra te ver Corinthians, pra te ver jogando'. Nem esforço, nem dinheiro. Nasceu Corinthians, viveu Corinthians, e, desde setembro, contratou o direito de morrer Corinthians.

Ela é uma das torcedoras que aderiram ao plano Corinthians Para Sempre. Paga R$ 35 por mês para ser integrante do plano funerário do clube alvinegro. Assim, é certo que, quando morrer, terá direito a um caixão com o símbolo, a bandeira por cima, um banner, coroa de flores e até um violinista tocando o hino.

Para morrer Corinthians, Nanci teve de driblar a ira da família. Filhas, irmãs, genro, etc, foram contra a decisão. De nada adiantou. Apesar de ser taxada de louca, conheceu o plano em um dia, aderiu no outro. E ainda guarda o desejo de ser enterrada em um cemitério do Corinthians, que, segundo ela, será inaugurado em Itaquaquecetuba.

"Minha família sabe que eu sou Corinthians. É Deus em primeiro, depois Corinthians, e depois meus filhos. O Corinthians dá mais alegria que meus filhos. Eles sabem disso. Eu amo demais, o clube é tudo para mim", afirmou Nanci, que teve o primeiro contato com o time paulista aos 4 anos, em um jogo contra o Noroeste no Parque São Jorge. E lá se vão 56 anos de paixão.

O 'corintianismo' de Nanci não tem limites. Recentemente, vendeu uma casa deixada de herança pelo pai. Pegou o dinheiro, foi até uma loja oficial e gastou cerca de R$ 16 mil em roupas do clube. Para ela, amigos, familiares....

"Fui na Todo Poderoso e comprei para os netos, filha, filho, outro filho, minha nora... Para mim, nem digo. Na brincadeira, gastei uns R$ 16 mil. Minha família fala que sou louca", brinca a funcionária pública.

A casa em que mora há um mês e meio começa a ser 'corintianada'. Os portões foram pintados e agora são pretos. As paredes da garagem ficaram brancas. A grade em breve estará nas cores do clube de coração da moradora. Na sala, faixas, quadros, bandeiras, copos e diversos enfeites em cima dos móveis, que, claro, são branco e preto.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Livro dá chance para torcedores participarem de aula de fotografia na Arena Corinthians

    Workshop de fotografia na Arena é uma das recompensas para quem apoiar o livro do estádio

    ver detalhes
  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes
  • Pablo segue com a situação indefinida para 2018

    Bordeaux endurece com agente de Pablo e avisa: para outro clube o valor é dobrado

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes