Sanchez afirma que o guindaste aguentava 4 vezes o peso do módulo

Sanchez afirma que o guindaste aguentava 4 vezes o peso do módulo

Por Meu Timão

Andrés Sanchez garantiu que não houve irregularidades

Andrés Sanchez garantiu que não houve irregularidades

Questionado durante a entrevista coletiva se o guindaste que derrubou o módulo no acidente da Arena Corinthians tinha estrutura pra levantar o peso da peça, Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e diretor responsável pela obra, informou que o guindaste, o maior do Brasil, aguentava até 1500 toneladas enquanto a treliça pesava 400 toneladas.

O engenheiro técnico responsável pela operação também estava na entrevista coletiva e garantiu que não houve nenhum procedimento ilegal, a peça estava içada desde ontem. O engenheiro também informou que ele mesmo avaliou antes do acidente questões como vento e clima e disse que não havia nenhuma irregularidade.

Na semana passada, o penúltimo módulo havia sido colocado sem problemas. Uma vistoria será feita pra descobrir a causa do acidente.

No momento do desabamento da treliça, 30 pessoas participavam da operação. O restante dos cerca de 1.600 funcionários estava em horário de almoço.

Veja Mais:

  • Corinthians/Audax atropelou Cerro Porteño em solo paraguaio

    Mulherada do Corinthians/Audax goleia donas da casa e se classifica para final da Libertadores

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians que se prepare: reta final do Brasileirão promete altas emoções

    Fim da rodada: Corinthians mantém vantagem, mas rivais alcançam Grêmio e embolam classificação

    ver detalhes
  • Corinthians foi hexacampeão brasileiro em 2015

    CBF define valores de premiação do Brasileirão-2017; Corinthians leva bolada se for campeão

    ver detalhes
  • Maltos brilhou diante do Grêmio, na Arena do adversário

    Goleiro defende quatro pênaltis, Corinthians bate Grêmio e avança na Copa do Brasil Sub-17

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes