Sanchez afirma que o guindaste aguentava 4 vezes o peso do módulo

Sanchez afirma que o guindaste aguentava 4 vezes o peso do módulo

Por Meu Timão

Andrés Sanchez garantiu que não houve irregularidades

Andrés Sanchez garantiu que não houve irregularidades

Questionado durante a entrevista coletiva se o guindaste que derrubou o módulo no acidente da Arena Corinthians tinha estrutura pra levantar o peso da peça, Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e diretor responsável pela obra, informou que o guindaste, o maior do Brasil, aguentava até 1500 toneladas enquanto a treliça pesava 400 toneladas.

O engenheiro técnico responsável pela operação também estava na entrevista coletiva e garantiu que não houve nenhum procedimento ilegal, a peça estava içada desde ontem. O engenheiro também informou que ele mesmo avaliou antes do acidente questões como vento e clima e disse que não havia nenhuma irregularidade.

Na semana passada, o penúltimo módulo havia sido colocado sem problemas. Uma vistoria será feita pra descobrir a causa do acidente.

No momento do desabamento da treliça, 30 pessoas participavam da operação. O restante dos cerca de 1.600 funcionários estava em horário de almoço.

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fevereiro de 2015 e segue até 2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Votação do impeachment no Parque São Jorge

    Confira em tempo real a votação do impeachment de Roberto de Andrade

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes