Bruno César projeta retorno ao Brasil: 'Já está na hora'

Bruno César projeta retorno ao Brasil: 'Já está na hora'

21 mil visualizações 121 comentários Comunicar erro

"Creio que realmente exista este status de ser uma das grandes apostas da diretoria, tanto que quando terminou a última temporada eu tinha o desejo de sair, cheguei a conversar com os dirigentes, e todos disseram que eu tinha de ficar pois eles tinham um grande objetivo para este ano, que é conseguir conquistar o campeonato nacional. Mas tenho vontade de voltar para o Brasil. Estou com apenas 25 anos, tive uma saída forçada do Benfica e hoje penso em sair do Al-Ahli. Não falo isso desmerecendo o futebol árabe, mas acho que é um bom lugar para o cara que está pensando em parar fazer um contrato bom e ficar aqui por um tempo.

Tenho mais nove ou dez anos de carreira ainda, então acho muito precoce eu continuar aqui. Hoje o objetivo é conversar com a diretoria sobre uma liberação. Penso que o ideal é voltar para o Brasil, jogando uns três anos lá e aí quem sabe voltar ou não para a Europa", revelou Bruno, que descartou qualquer tipo de preferência quando o assunto é o retorno para o País do Futebol:

"Não existe esta questão de preferência. Penso em poder voltar para um time bom da Série A, no qual eu lute para buscar meu espaço e consiga uma boa visibilidade até mesmo para a Seleção. O Brasil tem grandes clubes, o próprio Corinthians, que foi pelo qual passei, tem uma grande história, mesmo não estando num grande momento atualmente. Mas é justamente isso que eu sinto falta. Gosto de jogar tendo esta pressão por resultados, esta motivação a mais", acrescentou.
Considerado uma grande promessa quando deixou o Corinthians, em 2011, Bruno César chegou a ser convocado para a seleção brasileira pelo técnico Mano Menezes. No entanto, a participação em apenas dois jogos não convenceu o atleta, que ainda mantém vivo o sonho de defender as cores do Brasil em sua carreira.

"Meu maior objetivo é voltar para a seleção brasileira. Voltar para o Brasil, reencontrar com uma grande fase e reconquistar espaço. Já fui convocado uma vez e tenho este sonho sempre vivo comigo. O jogador tem de estar sempre pensando nisso. Aqui na Arábia é muito complicado, até mesmo pela questão da visibilidade, mas sei que voltando para o Brasil isso é possível", concluiu.

Fonte: Site, iG

Veja Mais:

  • Revelação de 2017, Pedrinho reforça Corinthians diante do Red Bull Brasil

    Com Pedrinho, Carille relaciona 23 no Corinthians para duelo com Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians à imprensa em 7 de janeiro

    Reforço de R$ 5 milhões, volante aguarda primeira chance no Paulistão; novo esquema pode ajudá-lo

    ver detalhes
  • Livro 'Sócrates Eterno' será lançado na noite desta segunda, em São Paulo

    Viúva de Sócrates lança autobiografia do ex-jogador do Corinthians nesta segunda em São Paulo

    ver detalhes
  • Sem contusão, Clayson treinou normalmente e deve pegar Red Bull

    Após exames, Clayson treina no Corinthians e deve enfrentar Red Bull

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes