Jornal visita Arena Corinthians e constata problemas

Jornal visita Arena Corinthians e constata problemas

Muitos operários acreditam que o prazo de 15 de abril é apertado

Muitos operários acreditam que o prazo de 15 de abril é apertado

Foto: Ale Frata/Diário SP

Lucas Bettine

Plinio Rocha

Para quem conta no calendário, 100 dias parece muito. Mas vai falar isso aos funcionários da Arena Corinthians... Quem trabalha no palco da abertura da Copa do Mundo corre contra o tempo para tudo ficar pronto em 12 de junho, quando o Brasil encara a Croácia.

E a tarefa não parece ser fácil. Por mais que o prazo de entrega dado pela Fifa seja o dia 15 de abril, quem olha para o estádio faz ressalvas sobre a conclusão da obra. 

O DIÁRIO visitou a arena e constatou que o canteiro ainda tem guindastes. A treliça de 420 toneladas que desabou no ano passado ainda não foi erguida, assim como as arquibancadas provisórias. Estruturas metálicas que serão desmontadas continuam de pé. Parte desse atraso se deve ao acidente do dia 27 de novembro, que vitimou duas pessoas. 

Os acabamentos também preocupam. Parte das salas precisa de retoques. Seja a instalação do ar-condicionado, a pintura da parede ou a colocação de espelhos. 

Na obra, os operários estão receosos. Muitos acreditam que o prazo de 15 de abril é apertado e, pronto mesmo, o estádio só ficará para a abertura da Copa. Mas não há como negar: o capricho é extremo, como mostram as imagens.

Pronto ou não, o fato é que a Odebrecht fará mudanças até dezembro. Após o Mundial, estruturas que o Timão não utilizará serão desmontadas. As arquibancadas provisórias sairão, o escritório da Fifa vai virar sala de aquecimento do Timão, a área de imprensa será diminuída e outras coisas mais.

Mas, aí, os 100 dias não jogarão contra e, acredite, não tê-los como adversário facilitará bastante a vida de quem trabalha por lá...

Funcionários serão dispensados na hora de içar peça

A treliça de 420 toneladas, que vitimou dois operários em 27 de novembro do ano passado, deverá ser erguida nesta semana. Desta vez, contudo, a construtora adotou ainda mais medidas de segurança para evitar um novo acidente.

A principal delas está em uma 

ordem aos funcionários. No dia em que a peça gigante for içada, todos os operários serão dispensados de suas atividades. Na obra, só ficarão as pessoas que participarão do içamento da peça. Assim, caso um 

novo acidente ocorra, a chance de vitimar alguém será muito menor.

Como o único guindaste com capacidade para erguê-la foi destruído, um novo plano teve de ser traçado. A princípio, a treliça seria cortada em mais pedaços. Contudo, ela foi mantida inteira e dois guindastes a colocarão no lugar.

Outro fator decisivo para a operação ser realizada serão as condições climáticas. Se chover ou ventar muito no dia, a peça não será movimentada nas alturas.

Depoimento

Lucas Bettine e Plínio Rocha, repórter e editor assistente do DIÁRIO, que visitaram a obra da Arena Corinthians

Com tudo pronto, será obra-prima

 Há dois pontos a serem abordados, atualmente, nas obras da Arena Corinthians. Um, evidente para qualquer pessoa que visite o local ou simplesmente veja as fotos, é o de que há muito trabalho a ser feito. Na grande maioria, de acabamento, mas isso não deixa de ser uma coisa que demandará muito tempo em cada uma das dependências. Em um aspecto mais macro, a treliça que completará a estrutura da cobertura é o que mais preocupa. Mas o outro ponto de vista é o do conjunto da obra. Pronta, a arena será uma obra-prima. O acabamento é fino ao extremo. Lindo. Tudo foi pensado na distribuição do espaço interno. Até mesmo uma sala para os gandulas está disponível. Uma nova casa para o corintiano se encher de orgulho. Aliás, que o torcedor saiba cuidar bem dela.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes