Pra trazer Elias, Corinthians pede ajuda financeira de Ronaldo Fenômeno

Pra trazer Elias, Corinthians pede ajuda financeira de Ronaldo Fenômeno

Por Meu Timão

Ronaldo foi procurado pela diretoria do Corinthians

Ronaldo foi procurado pela diretoria do Corinthians

O Corinthians já acertou até os salários com o Elias, mas algo primordial ainda está faltando: a grana exigida pelo Sporting. O clube português está pedindo 8 milhões de euros pelo passe do jogador que nem sequer está sendo aproveitado pelo time. E é aí que o Ronaldo Fenômeno pode ajudar.

Segundo o site Globo Esporte, o Corinthians pode financiar com o fenômeno 4 milhões de euros para comprar 50% dos direitos do jogador (fatia que pertence ao Sporting, enquanto o empresário Jorge Mendes permaneceria com os outros 50%). O pagamento seria feito em 60 vezes e no total o Fenômeno receberia 6 milhões de euros (2 milhões de euros de juros).

Segundo a publicação de Martín Fernandez no blog Bastidores FC, o fenômeno foi procurado pela boa relação com o Corinthians após a passagem entre 2009 a 2011. Num primeiro momento, o ex-atacante acabou recusando a proposta. Como o período de transferências se encerra em apenas 5 dias, a diretoria corinthiana já deve buscar outros parceiros.

Ronaldo e Elias atuaram juntos no Timão por duas temporadas e conquistaram o Paulistão e a Copa do Brasil de 2009.

Veja Mais:

  • Corinthiano Luidy é o novo reforço do Figueirense

    Anunciado por clube da Série B, Luidy agradece Corinthians

    ver detalhes
  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes