Imprensa crava custo da Arena maior que o previsto e fala de novo empréstimo

Imprensa crava custo da Arena maior que o previsto e fala de novo empréstimo

Arena pode custar mais caro do que o previsto

Arena pode custar mais caro do que o previsto

Foto: Divulgação

Na tarde dessa segunda (21), o site GloboEsporte.com divulgou informações de que a previsão de custos da Arena teria sido atualizada - o valor, assusta: a obra pode chegar aos R$ 1,150 bilhão. A última informação oficial, havia sido de Andrés Sanchez, ex-presidente e líder do projeto da arena dentro do clube, e davam conta de que os custos, inicialmente estimados em R$ 820 milhões, estavam agora na casa dos R$ 990 mi. Portanto, o site afirma que a informação veio de dentro do clube, a partir de um membro do Conselho Deliberativo do Timão.

Sanchez, fora do país para a negociação dos naming rights, não pode confirmar ou refutar a informação - mas vale lembrar que o Corinthians e o próprio conselho vivem um momento político bastante delicado, uma vez que o mandato de Gobbi se encerra no fim do ano que vem, e a própria Arena vem sido arma política dos diferentes grupos dentro do time.

Por isso, confirmada pela equipe de Comunicação do clube, está de fato uma nova rodada de reuniões entre conselheiros do Timão: a ideia é falar sobre a aquisição de novo empréstimo e as definições de naming rights da Arena. As reuniões só acontecem após o retorno de Sanchez, que pode voltar dos Emirados Árabes com o contrato para o nome do estádio na bagagem, para serem aprovados pelo conselho do clube.

Quanto ao empréstimo, este vem exatamente para suprir o déficit financeiro do estádio - com a intenção de ser um "empréstimo-ponte", ou seja, uma dívida a curto prazo para evitar a dívida entre contratos de empréstimo mais longos. Dois empréstimos desse tipo já foram tomados, totalizando R$ 250 milhões, já quitados atualmente.

Do dinheiro necessário para a construção da Arena, o Corinthians recebeu apenas R$ 260 dos R$ 500 milhões do BNDES. Além disso, a demora na negociação de naming rights e a liberação dos CIDs da prefeitura, que só podem ser negociados após a inauguração do estádio.

Veja Mais:

  • Hotel onde a delegação portuguesa está hospedada em São Petersburgo, na Rússia

    Corinthians brinca nas redes sociais com Cristiano Ronaldo hospedado em hotel chamado Corinthia

    ver detalhes
  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes