Por carta, presidente do Timão parabeniza o Corinthian-Casuals pelo seu aniversário

Por carta, presidente do Timão parabeniza o Corinthian-Casuals pelo seu aniversário

Por Larissa Emanuelle

2.4 mil visualizações 54 comentários Comunicar erro

Rivelino enfrentando o Corinthian-Casuals em 1988

Rivelino enfrentando o Corinthian-Casuals em 1988

As raízes de um clube formam a sua história. Foi assim que o presidente do Sport Club Corinthians Paulista tratou o 75 aniversário do seu irmão Corinthian-Casuals. Em carta aberta, o presidente do Timão relembrou os dois títulos mundiais do clube brasileiro e afirmou que esta história só foi escrita porque no início, o Corinthians teve como seu exemplo o time inglês. Pregando uma boa relação entre os clubes, o presidente acredita que o sucesso do Timão se deve também ao seu passado.

Honrado com as palavras do presidente, o Corinthian-Casuals publicou a carta aberta em seu facebook e também no Twitter oficial, agradecendo as palavras de carinho enviadas pelo Mario Gobbi, assim como pelo Corinthians Paulista. Hoje, o time inglês tem o desejo de voltar ao Brasil para um encontro entre as duas equipes, mas esbarra na questão financeira. Veja a carta enviada pelo presidente:

Veja Mais:

  • Antonio Roque Citadini quase não concorreu na eleição de fevereiro

    Citadini lamenta sobre eleição no Corinthians: 'Essa campanha sangrenta me tirou as chances'

    ver detalhes
  • Jean (ao centro) deve sair; lateral Romão também não convenceu comissão técnica

    Entenda por que diretoria do Corinthians ainda não se desfez de jogadores 'encostados' do elenco

    ver detalhes
  • Matheus Matias (à esq.) foi assunto na entrevista coletiva do diretor adjunto Duílio Monteiro

    Corinthians confirma porcentagem adquirida de Matheus e alerta: 'Tendência é ir devagar'

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes