Arena Corinthians recebe tendas com detectores de metal

Arena Corinthians recebe tendas com detectores de metal

Por Larissa Emanuelle

Detectores de metal chegam à Arena Corinthians

Detectores de metal chegam à Arena Corinthians

Foto: Marcelo Braga

Nesta quarta-feira (28), A Fifa começou a instalação de tendas com equipamentos de monitoramento de segurança na Arena Corinthians. O objetivo da entidade máxima é revistar cada torcedor que entrará no estádio durante a Copa do Mundo. No próximo e último evento teste no local, estes equipamentos podem ser utilizados.

Na entrada do Setor Leste, 90 esteiras de raio X e máquinas de detectores de metal foram colocadas debaixo das tendas que a Arena tem recebido. Nove containers vieram da China com os equipamentos importados, que serão instalados pela empresa responsável. Os outros setores da casa alvinegra também devem receber parte das 90 máquinas, ficando o restante na Fatec Itaquera.

Na primeira partida oficial da Arena Corinthians, esta tecnologia não foi utilizada durante a revista, que foi manual e visual. Para o jogo do Timão contra o Botafogo, a Fifa deve autorizar o uso dos equipamentos, também para fazer testes. O evento teste, válido pela nona rodada e última antes da paralisação do campeonato, acontecerá neste domingo, no primeiro dia de junho.

Veja Mais:

  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes