Em coletiva, Andrés comenta naming rigths e aproveita pra alfinetar imprensa

Em coletiva, Andrés comenta naming rigths e aproveita pra alfinetar imprensa

Por Meu Timão

Andrés Sanchez concedeu coletiva antes do jogo começar

Andrés Sanchez concedeu coletiva antes do jogo começar

Pouco antes da bola rolar na Arena Corinthians, Andrés Sanches concedeu entrevista coletiva à imprensa. Na oportunidade, falou do "padrão Fifa" e mencionou a dívida da Arena. Demonstrando ainda alguma irritação com as cobranças da Fifa, o ex-presidente do Timão, aproveitou para "alfinetar" jornalistas.

Andrés elogiou a decisão do Corpo de Bombeiros, que não liberou o Setor Norte para os testes, conforme plano inicial da Fifa - para o dirigente, a segurança dos torcedores não é negociável. Na sequência, Andrés ainda comentou a insistência da entidade em relação aos testes na Arena, e deixou claro que apesar do bordão "padrão Fifa", o assunto é uma "tremenda bobagem" e todas as decisões são do Corinthians.

Andrés comentou também o evento-teste, e mencionou o o dano em cerca de 55 cadeiras - segundo ele, uma perda comum gira em torno de 10 a 20 cadeiras por partida - e disse já ter puxado a conversa com as organizadas em relação aos cuidados na Arena.

Um dos responsáveis pela Arena, Andrés ainda lembrou a situação dos naming rights - que seguem sem anúncio oficial. Apesar disso, seu discurso deu a entender de que o acordo que o levou para os Emirados Árabes está encaminhado. Assumindo o atraso, Andrés apontou a questão como um dos problemas - ao lado dos atrasos na documentação do financiamento da obra - que ocasionaram cerca de 100 milhões de reais em juros para o clube.

Ao comentar a dívida, Andrés reforçou que a presença em massa da torcida é fator importante para reeliquibrar as finanças do time após a obra, mas garantiu que o clube tem outras receitas. Apesar disso, Sanchéz não perdeu a oportunidade de alfinetar a imprensa: "Por que vocês estão preocupados com isso? Vocês não diziam que o estádio saiu de graça? Então por que agora querem saber como vamos pagar?".

Veja Mais:

  • 'General' Balbuena marcou na Colômbia e salvou o Corinthians

    Balbuena marca nos acréscimos e Corinthians se salva de vexame na Colômbia pela Sul-Americana

    ver detalhes
  • Balbuena (à esq.) auxiliou Carille na tradução de perguntas em espanhol após empate em Tunja

    Após noite de herói, Balbuena ataca até de tradutor para Carille em coletiva

    ver detalhes
  • Timão sofreu, mas conseguiu empatar com Patriotas no 'apagar das luzes'

    Dez tweets que descrevem a sensação de todo corinthiano com o empate na Colômbia

    ver detalhes
  • Moisés foi um dos destaques negativos do Corinthians nesta quarta

    Torcida do Corinthians salva Balbuena e detona dupla de jogadores após empate na Colômbia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes