Sem ingresso, torcedores 'loucos' furam bloqueio da Fifa

Sem ingresso, torcedores 'loucos' furam bloqueio da Fifa

Por Meu Timão

Acesso ao estádio teve 'furos' no bloqueio da Fifa

Acesso ao estádio teve 'furos' no bloqueio da Fifa

Foto: Flavio Florido/UOL

Para a sorte da Fifa, durante a Copa do Mundo a Arena Corinthians não sediará jogos do alvinegro - fosse o contrário, a entidade ia ter muita dificuldade para deter o "bando de loucos". Com ingressos esgotados desde cedo, muitos torcedores corintianos se dirigiram para o estádio assim mesmo, na tentativa de acompanhar o Timão.

Apesar do contigente aumentado, o bloqueio da Fifa no entorno do estádio não funcionou bem, e ao menos 20 torcedores conseguiram prosseguir até a entrada da Arena, quando finalmente foram barrados. Alguns, ainda tentaram assistir o jogo por frestas na arquitetura do estádio.

Mesmo com a "invasão", o clima foi tranquilo, e os torcedores que ficaram no entorno brincaram com a situação, tentando das alternativas mais absurdas para acompanhar a partida. Alguns aproveitaram a multidão, outros chegaram munidos da carteirinha do Fiel Torcedor, mesmo sem o ingresso.

A proteção ao entorno é uma das políticas de segurança da Fifa, para evitar a confusão na entrada dos estádios que sediarão o Mundial. Apesar da falha nas barreiras de proteção, a entrada na Arena ocorreu sem problemas.

Veja Mais:

  • Mesmo com Jô, Timão não foi páreo para Flamengo na tarde deste domingo

    Sonolento, Corinthians leva três no primeiro tempo e é derrotado pelo Flamengo

    ver detalhes
  • Após revés, Timão foi aplaudido por torcedores presentes na Ilha do Urubu

    Volante beira nota zero, e Giovanni é eleito o melhor do Corinthians em derrota

    ver detalhes
  • Danilo fica no Corinthians por mais uma temporada

    Carille confirma renovação do contrato de Danilo com Corinthians

    ver detalhes
  • Balbuena e Romero, os paraguaios do Corinthians

    Romero se torna o estrangeiro com mais jogos na história do Corinthians; Balbuena chega ao 100º

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes