Cássio prefere o Timão a jogar na Europa

Cássio prefere o Timão a jogar na Europa

Por Meu Timão

Cássio afirma que está 100% e afirma que o Timão vai melhorar aos poucos

Cássio afirma que está 100% e afirma que o Timão vai melhorar aos poucos

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O goleiro titular do Corinthians chegou a ser cobiçado por grandes clubes europeus após a conquista do Mundial 2012 mas o camisa 12 do Timão garantiu que não tem o menor interesse em sair do Timão ou voltar pra Europa.

- Já tive uma experiência lá, já sei como é. Quando você está bem em um lugar, não tem motivos para sair. Não quero me arriscar em ir para lá se estou feliz aqui, sendo querido pelas pessoas. Não preciso buscar um outro lugar. Tive uma experiência que não foi legal. Ou melhor, foi legal como experiência, mas acabei não jogando muito. Hoje, não penso mais em sair - disse o goleiro em entrevista ao site GloboEsporte.

Responsável direto pelas últimas conquistas do Corinthians, Cássio tem contrato até dezembro de 2015 mas já pensa em renovar.

- Penso em ficar aqui por muito tempo, em ganhar títulos e muitas outras coisas. O Rogério Ceni tem sua história no São Paulo, o Marcos teve no Palmeiras, e eu penso em fazer a minha história aqui no Corinthians como teve o Ronaldo. Mas é passo a passo, dia a dia. Quando você está bem, quer ficar o máximo de tempo no lugar - completou.

Veja Mais:

  • Lucca jogou emprestado à Ponte Preta em 2017

    Proposta curiosa do Cruzeiro pode colocar atacante do Corinthians no São Paulo; entenda

    ver detalhes
  • Rodriguinho está na mira dos chineses

    Chineses intensificam sondagens, e Rodriguinho pode deixar Corinthians no início de 2018

    ver detalhes
  • SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    VÍDEO: SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    ver detalhes
  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes