Elias comenta a rivalidade entre Timão e Palmeiras

Elias comenta a rivalidade entre Timão e Palmeiras

Por Larissa Emanuelle

1.1 mil visualizações 16 comentários Comunicar erro

Elias fez gol contra o Bahia e mira o clássico

Elias fez gol contra o Bahia e mira o clássico

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O Timão conquistou mais um triunfo na Copa do Brasil mas chegou a hora de virar a chave e pensar no clássico. Voltando à fazer gol pelo clube alvinegro, Elias exaltou a rivalidade entre o Corinthians e o seu próximo adversário.

"O Palmeiras vai ser sempre o rival eterno do Corinthians ao longo da trajetória dos clubes. Sempre que se enfrentaram, se respeitaram. Então considero o Palmeiras o maior rival do Corinthians".

Mesmo tendo atuado pelo rival nos tempos passados, o jogador relembra o seu amor pelo Timão.

"Joguei oito anos no Palmeiras, é onde eu comecei e tornei possível o sonho de ser jogador profissional. Agradeço, mas não passa daí. Hoje sou jogador do Corinthians e todo mundo sabe que sempre fui torcedor do Corinthians. Aqui é onde tenho minhas raízes".

Elias é uma das principais peças da equipe alvinegra este ano. O jogador estará presente no primeiro clássico da Arena, neste domingo. O jogo será válido pelo Brasileirão.

Veja Mais:

  • Gustavo Mosquito, de 21 anos, chega ao Corinthians ainda em setembro

    Corinthians já tem data para chegada e destino inicial definidos de atacante do Coritiba

    ver detalhes
  • Jair manteve a formação escolhida no treino desta quarta-feira

    Jair mantém formação do Corinthians sem centroavante e indica equipe para enfrentar o Internacional

    ver detalhes
  • Sheik promoverá pelada beneficente de despedida do Timão na Arena

    Corinthians e Emerson Sheik acertam jogo de despedida na Arena

    ver detalhes
  • Após vitória em 2015, Corinthians provocou rival deste domingo com mensagem no telão na Arena

    Daria uma série! Relembre 5 episódios que amplificaram rivalidade entre Corinthians e Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes