Procurador-geral do STJD explica denúncia ao Corinthians

Procurador-geral do STJD explica denúncia ao Corinthians

Por Larissa Emanuelle

Paulo Schmitt explicou as denúncias feitas ao Timão e ao Palmeiras

Paulo Schmitt explicou as denúncias feitas ao Timão e ao Palmeiras

A denúncia pelos atos de vandalismo que aconteceram no primeiro clássico da Arena Corinthians, protagonizados pela torcida palmeirense no setor visitante, gerou revolta por parte da torcida alvinegra, assim como a diretoria. A medida, no entanto, foi explicada pelo procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt.

"Oferece-se a denúncia contra o mandante porque é uma obrigação imposta pelo código, embora a torcida do visitante tenha sido a responsável direta pela depredação das cadeiras".

A selvageria causada pelos indivíduos no estádio Corinthiano gerou a denúncia aos dois clubes, enquadrados no artigo 213 do CBJD, 'por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto'.

Paulo Schmitt ainda explicou qual poderá ser a pena para os clubes, caso exista a condenação.

"É muito provável que, se houver uma condenação, a pena base prevista é a de multa, em casos graves é que se aplica a perda de mando. Mas, se houver uma condenação, a maior chance recai sobre o Palmeiras em função dos atos praticados por seus torcedores".

O processo ainda será julgado e a data não foi definida.

Veja Mais:

  • Marlone está fora do clássico

    Corinthians perde Marlone para o Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians fará primeiro jogo no domingo em 2017

    Clássico e primeiro jogo do Corinthians no domingo: FPF desmembra rodadas do Paulista

    ver detalhes
  • Romarinho anotou cinco gols em cinco jogos contra Palmeiras

    Romarinho manda recado ao elenco do Corinthians antes de clássico contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Camisa que será usada na noite desta quarta-feira

    Corinthians divulga imagem do uniforme que será usado contra Palmeiras; confira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes