Novo estudo encomendado pela Odebrecht aponta erro no contrapeso

Novo estudo encomendado pela Odebrecht aponta erro no contrapeso

Por Meu Timão

Acidente na Arena ainda rende polêmicas

Acidente na Arena ainda rende polêmicas

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Um novo estudo sobre as causas do acidente que aconteceu na Arena Corinthians, em novembro de 2013, mostra que, provavelmente, o contrapeso da máquina estava maior do que o recomendado.

O relatório foi encomendado pela Odebrecht, construtora do estádio, e realizado por Fernando Mattos, perito e mestre em engenharia pela USP. A fabricante do guindaste é a empresa alemã Liebherr, já a responsável por manuseá-lo é a Locar Guindastes & Transportes Intermodais.

Segundo as primeiras informações divulgadas no jornal Folha de S. Paulo, houve um erro na operação do aparelho. Na hora do acidente, o contrapeso era de 500 toneladas-força, quando na realidade, o necessário era de 460.

- Meu estudo foi encomendado pela Odebrecht logo na época do acidente, em dezembro, e abrangeu só a parte de cima do solo, a parte do guindaste. Encontramos elementos bastantes conclusivos sobre o caso -afirmou Fernando Mattos ao Lancenet, no quando foi procurado.

Depois, em novo contato por e-mail, ele disse que só poderia revelar o teor e as conclusões do estudo depois da autorização expressa da Odebrecht, empresa contratante.

Em julho, foi a vez de o Instituto de Criminalística da Polícia Civil divulgar um laudo, afirmando que 'a compactação do 'solo superior' não foi suficiente para aguentar o peso do guindaste'.

Já a Locar respondeu que 'reconhece o único laudo oficial, elaborado pelo Instituto de Criminalística e de conhecimento público desde junho passado, que aponta o solo - cuja preparação, nivelamento e estabilidade não eram de sua responsabilidade conforme contrato e ata celebrados antes do início dos trabalhos-, como a exclusiva razão da queda do guindaste.'

Até o momento, nove pessoas, sendo sete funcionários da Odebrecht e dois da Locar, já foram indiciadas pela polícia.

Veja Mais:

  • Com Balbuena e Jô, Timão tenta engatar 5ª vitória consecutiva no Brasileirão

    Com novas motivações, Corinthians encara Flamengo em primeiro teste como heptacampeão

    ver detalhes
  • Antes doo Dérbi, mais de 30 mil corinthianos apoiaram os jogadores alvinegros

    Diretor se anima com chance de mais treinos abertos na Arena: 'Talvez antes do próximo jogo'

    ver detalhes
  • Elias deixou o Corinthians em 2016 e hoje atua pelo Atlético-MG

    Feliz no Atlético-MG, Elias diz que pode retornar ao Corinthians 'mais pra frente'

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Flamengo neste domingo, às 17h

    Vitória contra o Flamengo fará Corinthians bater marca de equipe mineira em 2013

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes