Corinthians x Linense

Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians enfrenta agora o Linense

Acompanhe ao vivo

Zagueiro do Timão prefere jogar o favoritismo para o Bahia

Zagueiro do Timão prefere jogar o favoritismo para o Bahia

Por Meu Timão

Cleber prefere não considerar o Timão favorito

Cleber prefere não considerar o Timão favorito

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians tem uma grande vantagem para a partida de hoje a noite, em Salvador, contra o Bahia, pela Copa do Brasil. Mesmo se perder a partida por dois gols de diferença, o alvinegro passará às oitavas de final do torneio.

Entretanto, nem mesmo esse cenário faz o favoritismo subir à cabeça dos jogadores alvinegros. Em entrevista concedida no CT Joaquim Grava, o zagueiro Cleber fez questão de dispensar a condição de favorito.

- Estamos com boa vantagem, mas não vou falar que somos favoritos. Vou deixar o favoritismo para o Bahia, que está em casa e vai querer jogar para cima para sair com a vitória. Temos de entrar focados para sair com classificação - explicou o beque.

E, para o jogador, o jogo de hoje é a oportunidade do Bahia para findar os péssimos resultados e voltar a ter uma fase mais tranquila:

- Vão querer o resultado positivo. Vão querer se classificar. Mas nós estamos focados. Então é focar para não vacilarmos e sair com a classificação. Mas vai ser um jogo pegado - finalizou o defensor.

Veja Mais:

  • Corinthians e Linense se enfrentam na Arena Corinthians

    Contra o Linense, o Corinthians encerra a primeira fase do Campeonato Paulita

    ver detalhes
  • Walter (ao centro) entra no Paulistão a partir de domingo; Vidotto sai

    Corinthians define dupla de novos inscritos para mata-mata do Paulistão

    ver detalhes
  • Artilheiro da Arena com 16 gols, Romero é opção para o duelo com o Linense

    Corinthians ganha reforço de última hora para partida contra Linense

    ver detalhes
  • Filipe foi o goleiro titular da Copinha no começo do ano

    Goleiro do Sub-20 recebe duas propostas da Europa, mas Corinthians briga por permanência

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes