Recheado de corintianos, Brasil veste as cores do Timão rumo ao Mundial de basquete.

Recheado de corintianos, Brasil veste as cores do Timão rumo ao Mundial de basquete.

Marcelinho Huertas, Larry Taylor, Leandrinho, Alex Garcia e Tiago Splitter. Nada menos do que cinco dos dez jogadores já convocados para defender a seleção brasileira de basquete no Mundial são torcedores do Timão. Para celebrar a presença alvinegra na equipe que vai tentar ir ao pódio na competição entre 30 de agosto e 14 de setembro, na Espanha, o clube e a fornecedora de material esportivo que tem parceria com o Corinthians e com a seleção, presentearam o quinteto com um kit contendo as duas novas camisas de jogo e duas bandeiras estilizadas.

A lista de "fiéis" no grupo que vai à Copa do Mundo ainda pode aumentar, já que o armador Rafael Luz, que disputa com outros três atletas as duas vagas restantes na equipe comandada por Rubén Magnano, também é torcedor do time do Parque São Jorge.

- As camisas são muito legais. Eu moro nos Estados Unidos, mas sempre acompanho os jogos do Corinthians, pela internet ou pela televisão. O time já me deu bastante alegria, como o título mundial contra o Chelsea. Fico feliz com a lembrança e espero dar alegrias não só para os corintianos, como para os brasileiros no Mundial que vamos disputar - afirmou o pivô Tiago Splitter, campeão da NBA pelo San Antonio Spurs.

Vem dos Estados Unidos, curiosamente, um dos mais fanáticos torcedores do Corinthians no grupo da seleção brasileira. Há seis anos vivendo no Brasil, o ala-armador naturalizado Larry Taylor escolheu o Timão para torcer e desde então viu o time conquistar os seus maiores títulos na história: a sonhada Libertadores, em 2012, e o bicampeonato mundial, no fim do mesmo ano.

- Eu virei um corintiano de verdade. Torço muito e sofro com o time nos jogos. Não poderia ter escolhido um time melhor, com uma torcida mais apaixonada. Salve o Corinthians - disse Larry, que atua pelo Bauru.

O outro atleta que joga no Brasil dentre os corintianos, Alex Garcia não conseguiu esconder a sua empolgação ao ser perguntado sobre a relação com o Timão.

- O Corinthians é coisa linda. Quando estou em São Paulo e tem jogo do Corinthians, eu peço licença para o técnico e vou no estádio. Eu costumo dar sorte. Fui em quatro jogos neste ano e ganhamos. Ainda não fui na Arena Corinthians e estou doido para ir. Não vejo a hora. Quem sabe, depois do Mundial - disse o veterano ala, que recentemente trocou o Brasília pelo Bauru, ficando mais perto de São Paulo.

Dos basqueteiros corintianos, apenas Leandrinho, que mora no Estados Unidos, teve a oportunidade de conhecer a Arena Corinthians, nova casa do Timão que recebeu o seu primeiro jogo oficial em maio e sediou seis partidas da Copa do Mundo.

- Eu fui na abertura da Copa. O estádio está lindo, valeu a pena esperar tanto tempo para termos uma casa própria tão legal. O Corinthians e a torcida mereciam - afirmou o camisa 10 da seleção brasileira.

Em sua terceira semana de preparação para o Mundial, a seleção brasileira viaja nesta quinta-feira pela manhã para a capital argentina, Buenos Aires, onde vai disputar, entre sexta-feira e domingo, um triangular amistoso contra a dona da casa, Argentina, e o México. No ultimo sábado, o Brasil bateu os argentinos para conquistar o Super Desafio de Basquete, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Pablo voltou a sentir dores na coxa e precisou deixar o gramado quarta-feira

    Pablo é diagnosticado com lesão e se torna desfalque do Corinthians

    ver detalhes
  • Clayson pode ser titular contra o Fluminense, mas outros estão no páreo.

    Sem Carille, definição do time titular do Corinthians no Rio é adiada

    ver detalhes
  • Pablo para por até seis semanas no Corinthians

    Médico do Corinthians explica lesão de Pablo e nega relação com contratura

    ver detalhes
  • Carille vive dia complicado nesta sexta-feira

    Carille sofre perda familiar, e Corinthians se solidariza com nota de pesar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes