Ex-lateral do Corinthians assina com clube da Série C

Ex-lateral do Corinthians assina com clube da Série C

Por Meu Timão

7.2 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Fininho assinou com o Madureira

Fininho assinou com o Madureira

O ex-lateral do Corinthians Fininho assinou contrato com o Madureira, que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro. O clube carioca faz boa campanha na competição e atualmente é o quarto colocado do Grupo B.

Hoje com 30 anos, Fininho apareceu no Corinthians em 2003 e ficou no clube até 2006. Em um episódio em que saiu de campo vaiado, o atleta chegou a mostrar o dedo do meio para a torcida durante um jogo no Pacaembu. Após isso o lateral ficou "marcado" e foi vaiado sempre que entrava em campo.

Até mesmo o atacante e ídolo Carlitos Tevez mostrou solidariedade ao atleta quando na partida seguinte fez um gol e saiu comemorando mostrando o número 6 (número da camisa que o atleta vestia no Corinthians).

Depois do Timão o atleta teve passagens pelo Juventude, Figueirense, Sport e Mentalist (Ucrânia). Pelo Madudeira, Fininho assinou contrato na última sexta-feira e o vínculo do jogador com seu novo clube vai até o final de 2014.

Veja Mais:

  • Corinthians de Ralf já respira mais tranquilo na luta contra a parte de baixo da classificação

    Jogos de domingo chegam ao fim, e Corinthians dobra distância para o Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ándrés Sanchez aparece do lado do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, e Ronaldo

    Presidente do Corinthians se reúne com presidente do Real Madrid em passagem pela Espanha

    ver detalhes
  • Avelar teve atuação contestada pela torcida após jogo desse sábado contra o Vasco

    Avelar admite queda de rendimento, lista possíveis motivos e diz que pode melhorar no Corinthians

    ver detalhes
  • Árbitro Wilton Pereira Sampaio foi bastante requisitado no tenso duelo entre Corinthians e Vasco

    Árbitro relata em súmula tentativa vascaína de intimidação na Arena Corinthians; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes