Petros será julgado segunda-feira e pode pegar até seis meses de gancho

Petros será julgado segunda-feira e pode pegar até seis meses de gancho

Por Meu Timão

Defesa tentará tirar acusação de agressão atribuída a Petros

Defesa tentará tirar acusação de agressão atribuída a Petros

Um lance no clássico contra o Santos, domingo passado, na Vila Belmiro, poderá tirar Petros do Campeonato Brasileiro. O meio-campista que, segundo o procurador na denúncia, agrediu o árbitro Raphael Claus, foi enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva que fala em "praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente". O grande problema é que o mesmo código diz que, "se a ação for praticada contra árbitros", a pena mínima será de seis meses ou 180 dias.

O departamento jurídico corinthiano tentará desqualificar o artigo. Os advogados alegam que tratou-se de um ato hostil, o que reduziria a pena para alguns jogos.

Ontem, Elias disse que o elenco procura consolar o atleta e que o departamento jurídico do Timão sabe o que faz:

- O caso está com o departamento jurídico e tudo será feito para que a pena seja diminuída. Estamos passando tranquilidade para ele.

Veja Mais:

  • Pablo voltou a sentir dores na coxa e precisou deixar o gramado quarta-feira

    Pablo é diagnosticado com lesão e se torna desfalque do Corinthians

    ver detalhes
  • Clayson pode ser titular contra o Fluminense, mas outros estão no páreo.

    Sem Carille, definição do time titular do Corinthians no Rio é adiada

    ver detalhes
  • Pablo para por até seis semanas no Corinthians

    Médico do Corinthians explica lesão de Pablo e nega relação com contratura

    ver detalhes
  • Carille vive dia complicado nesta sexta-feira

    Carille sofre perda familiar, e Corinthians se solidariza com nota de pesar

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes