Timão recusa Ronaldinho Gaúcho e quer Nilmar; Cleber tem proposta para sair

Timão recusa Ronaldinho Gaúcho e quer Nilmar; Cleber tem proposta para sair

Por Meu Timão

82 mil visualizações 168 comentários Comunicar erro

Ximenes falou das negociações do Corinthians

Ximenes falou das negociações do Corinthians

Ronaldinho Gaúcho foi oferecido ao Timão. Ronaldo Ximenes, diretor de futebol do clube, confirmou a oferta, mas garantiu que não interessa ao Corinthians. Ximenes mantém a linha de buscar oportunidades de mercado e, para o dirigente, o ex-camisa 10 do Atlético Mineiro não se encaixa nesse perfil.

Outro jogador, entretanto, chama atenção da cúpula corinthiana. Trata-se de Nilmar, centroavante com passagem pelo clube. As negociações devem se intensificar semana que vem, em possível reunião:

- Ainda não sabemos se ele rescindiu, estamos aguardando. Assim que nos for informado, tentaremos. É uma oportunidade e veremos se é conveniente do ponto de visto financeiro. Se for, vamos contratá-lo.

Sobre Cleber, Ximenes revelou que o clube aguarda a oficialização da proposta:

- Disseram que na próxima semana chegará uma proposta. O Corinthians não tem participação no atleta, mas tem opção de compra. Se cobrir, fica com o jogador. Vamos ver os números, não sei que clube é - disse.

Veja Mais:

  • Paulo Roberto deve ser titular diante do Internacional

    Reapresentação do Corinthians indica um único titular contra Internacional; Sheik é ausência

    ver detalhes
  • Rodriguinho jogou amistoso pelo Brasil em junho de 2017, contra Austrália

    Rodriguinho, do Corinthians, compõe lista de suplentes da Seleção para Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Roger será inscrito pelo Corinthians para fase mata-mata da Libertadores

    Roger e mais quatro: as possibilidades de mudanças na lista do Corinthians na Libertadores

    ver detalhes
  • Vilson vestiu sua camisa personalizada na Arena Corinthians

    Das ruas à Casa do Povo: torcedor que viralizou por camisa improvisada conhece a Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes