Petros é julgado e punido pelo STJD

Petros é julgado e punido pelo STJD

Por Meu Timão

Petros foi suspenso pelo STJD

Petros foi suspenso pelo STJD

O meia do Corinthians, Petros, enfim soube por quanto tempo ficará de fora dos gramados. Em um julgamento tenso, o advogado do Corinthians tentou desqualificar a agressão ao árbitro Raphael Claus, mas a estratégia não surtiu efeito.

Munidos das imagens do clássico contra o Santos, o STJD acabou condenando o atleta a 180 dias (6 meses). A votação dos auditores foi equilibrada, mas ninguém optou pela absolvição.

Sobre o depoimento de Petros, o procurador do STJD, William Figueiredo, foi enfático:

- Depoimento pessoal tem que ser visto com ressalvas sempre. É raro ver alguém confessar alguma coisa. Maior ressalva ainda porque a distância em que existe entre o depoimento pessoal e as imagens é gritante.

O lance, pivô de toda a polêmica, aconteceu na última partida entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro. Após "cortar" um ataque corinthiano, o árbitro foi empurrado pelo jogador alvinegro e as imagens circularam o país.

O Corinthians ainda pode recorrer ao pleno do tribunal ou tentar um efeito supensivo. Porém, até uma nova decisão sair, o atleta está fora de combate.

Veja Mais:

  • Guilherme pode perder clássico em Itaquera

    Opção no sábado, Guilherme vira preocupação para Dérbi; goleiro retorna

    ver detalhes
  • Camacho vai ficar com a família no Rio de Janeiro

    Após perder o pai, Camacho é liberado e está fora do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Jadson atuou por cerca de 45 minutos e tem chances de pegar o Palmeiras

    Jadson é titular em jogo-treino do Corinthians, mostra desenvoltura e pode ser opção no clássico

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes