Corinthians desmente oficialmente o portal UOL

Corinthians desmente oficialmente o portal UOL

Por Meu Timão

Corinthians desmente notícia do portal UOL

Corinthians desmente notícia do portal UOL

O Corinthians veio oficialmente desmentir o portal UOL que noticiou um falso atraso de salários do clube. Na busca frenética por audiência, o portal tem envolvido de forma bastante leviana o nome do clube.

Em acontecimento recente, o portal chegou a associar a prisão do jogador Renato Ribeiro, que dirigia embriagado e teve passagem rápida e apagada pelo Corinthians, em uma manchete sensacionalista que indicava "Ex-corintiano é preso...".

O portal também é um dos únicos veículos que se recusa a abrir mão da alcunha "Itaquerão" para a Arena Corinthians, apesar de pedidos oficiais do clube para que o nome não fosse adotado. A criação de um apelido forte para o estádio inviabilizaria o acordo de naming rights desejado pelo clube.

Na tarde de ontem, o episódio foi diferente: na home do portal, a manchete trazia no título "Após pagar dívida para livrar Sanchez de ação, Corinthians atrasa salário". A "matéria" foi desmentida pelo Corinthians em nota oficial, que garantiu que os salários estão em dia e que apontou a incoerência da própria notícia, que não trazia a informação da manchete.

O UOL ainda não se pronunciou a respeito.

Veja Mais:

  • Carille pode sofrer desfalques por suspensão na final do estadual

    Com quase um time inteiro pendurado, Carille descarta poupar jogadores na primeira decisão

    ver detalhes
  • Sócios do Fiel Torcedores podem garantir ingressos para jogos do Brasileirão deste ano, na Arena

    Com ingressos a R$ 21, Corinthians lança pacote para o Brasileirão; veja valores

    ver detalhes
  • Torcedor é retirado após insistir em ficar em pé no Setor Oeste

    Vídeo de torcedor sendo retirado pela PM por estar em pé na Arena divide opinião da Fiel; assista

    ver detalhes
  • Fagner em partida contra o São Paulo, pelo Paulistão

    TJD-SP volta atrás sobre julgamento de Fagner, que pode desfalcar Corinthians em decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes