Torcedora gremista que xingou Aranha acaba de perder o emprego

Torcedora gremista que xingou Aranha acaba de perder o emprego

Por Meu Timão

Patrícia Moreira foi afastada do trabalho

Patrícia Moreira foi afastada do trabalho

O futebol não admite mais atos racistas e a garota que xingou o goleiro Aranha de "macaco" já está sofrendo as consequências. A garota que já foi identificada como Patrícia Moreira, foi flagrada pelas câmeras da ESPN na noite dessa quinta-feira durante o jogo entre Grêmio e Santos pela Copa do Brasil.

O ato repercutiu na Internet, divulgaram fotos da moça e em menos de uma hora localizaram o Facebook dela, que passou a ser um mural de xingamentos. Patrícia tirou o perfil do Facebook do ar. Sobrou a conta do Instagram (onde localizaram mais uma foto racista). Mais tarde a garota deixou também o perfil como privado.

Mas não dava pra se esconder por muito tempo, a imagem de Patrícia começou a ser divulgada nos canais de TV aberta. E depois disso, as consequências começaram a passar pra vida real da garota.

Patrícia trabalhava no Centro Odontológico da Brigada Militar como prestadora de serviços, mas por conta da sua conduta inadequada nos estádios, a corporação decidiu afastá-la do emprego. Pelo Twitter, a Brigada Militar postou nessa sexta-feira o afastamento de Patrícia.

Veja Mais:

  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians e Juventus se encontram neste domingo, às 19h45

    Corinthians encara 'clássico da Zona Leste' por vaga na final da Copinha

    ver detalhes
  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes
  • Não agradou - Titular no Majestoso, Guilherme teve atuação discreta na decisão da Florida Cup

    Meia do Corinthians tem nota próxima do zero após empate

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes