Segundo o jornalista Cosme Rímoli, Tite é a prioridade para assumir o Palmeiras

Segundo o jornalista Cosme Rímoli, Tite é a prioridade para assumir o Palmeiras

Por Meu Timão

Jornalista afirma que Tite é prioridade no rival Palmeiras

Jornalista afirma que Tite é prioridade no rival Palmeiras

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O jornalista Cosme Rímoli, do portal R7, fez uma dura coluna ontem. No seu espaço diário, o repórter escreveu fortes críticas a administração palmeirense e divulgou uma informação um tanto quanto "preocupante" para a torcida alvinegra: Tite é a prioridade para o presidente do rival.

O milionário presidente alviverde, Paulo Nobre, entende que a contratação de Tite pode apagar o péssimo momento que o clube vive a beira do rebaixamento.

Além disso, suas recentes conquistas pelo Corinthians qualificam ainda mais o treinador para obter sucesso. Vale lembrar que Tite já treinou o Palmeiras e acabou saindo brigado do clube, em 2006, tendo, inclusive, problemas com as organizadas do clube.

O repórter ainda garante que, se o ex-treinador alvinegro não aceitar a proposta da equipe do Palestra Itália, Dorival Júnior é o favorito para o cargo.

A grande questão que fica é: será que o multicampeão Tite assumiria um rival de São Paulo para voltar a trabalhar ainda este ano?

Veja Mais:

  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Recuperado de lesão, Balbuena foi relacionado para o Majestoso

    Com retornos confirmados, Corinthians relaciona 21 jogadores para Majestoso

    ver detalhes
  • Gabriel não escondeu seu lado corinthiano em entrevista

    Gabriel diz torcer pelo Corinthians desde criança e explica sensação de ter jogado pelo Palmeiras

    ver detalhes
  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes