Com chance de expulsão de partido, vereador será ouvido pelo PT

Com chance de expulsão de partido, vereador será ouvido pelo PT

Por Meu Timão

Vereador está envolvido em polêmica e é acusado de homicídio

Vereador está envolvido em polêmica e é acusado de homicídio

Foto: Divulgação

Apesar de já estar preso, Raimundo César Faustino, vereador eleito pela cidade de Francisco Morato, vai poder se defender das acusações de homicídio, rixa e lesão corporal p ara poder continuar membro filiado ao PT.

A Comissão de Ética do PT-SP espera ouvir Capá, como é conhecido no partido, através de uma carta. A situação é de extremo incômodo para o parlamentar, já que ele é candidato a deputado estadual nas eleições deste ano.

Raimundo já foi suspenso por 60 dias e não pode participar de programas eleitorais, pois está proibido de falar em nome do partido. Segundo o secretário do PT, os integrantes da Comissão de Ética devem se reunir na próxima segunda-feira para definir a questão.

- A Comissão de Ética está alinhando junto com o departamento jurídico do partido e deve ouvir as pessoas que estão presas através de carta. Segunda-feira vai acontecer uma reunião - disse Vilson Augusto, secretário geral do PT, ao Lancenet.

Outros dois filiados também podem ser expulsos: Leonardo Gomes dos Santos e Gentil Chaves Siani, também por envolvimento na briga entre torcedores corintianos e palmeirense, acontecida no dia 17 de agosto e que resultou na morte de Gilberto Torres Pereira, torcedor do Palmeiras.

Veja Mais:

  • Lucca jogou emprestado à Ponte Preta em 2017

    Proposta curiosa do Cruzeiro pode colocar atacante do Corinthians no São Paulo; entenda

    ver detalhes
  • Rodriguinho está na mira dos chineses

    Chineses intensificam sondagens, e Rodriguinho pode deixar Corinthians no início de 2018

    ver detalhes
  • SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    VÍDEO: SAUDAÇÕES CORINTHIANAS #16 | 7 zagueiros para 2018

    ver detalhes
  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes