Dunga elogia estreia de Gil na seleção brasileira

Dunga elogia estreia de Gil na seleção brasileira

Por Larissa Emanuelle

Gil estava na seleção brasileira e pode "reforçar" o Timão contra o Atlético

Gil estava na seleção brasileira e pode "reforçar" o Timão contra o Atlético

Gil entrou no fim da partida para colaborar com a vitória sobre o Equador, em um amistoso marcado nos EUA, mas ganhou elogios do técnico Dunga, que destacou a sua atitude com o restante do elenco e dentro de campo.

"Nossas atitudes falam muito mais alto que qualquer outro sentido. Acho que foi bom porque (os atletas) enfrentaram duas equipes, se portaram bem. Para ganhar tem de saber sofrer e aproveitar os momentos bons. Foi positiva a forma como cada jogador aproveitou sua oportunidades. Pra ver como se começa a formar estrutura boa, Gil entrou com sorriso de orelha a orelha numa posição que não é a dele. Colocaram três atacantes altos, era importante ter um jogador para a jogada aérea".

Gil entrou no lugar do lateral Danilo e passou apenas alguns minutos em campo, mas demonstrou disposição e vontade de ajudar os seus companheiros à faturarem mais um resultado positivo nesta "nova era" na seleção brasileira. Titular absoluto no Timão, o zagueiro tenta agradar também na seleção de seu país.

O Corinthians espera contar com Gil e Elias, que atuaram pouco tempo no último amistoso. O jogo da equipe alvinegra será nesta quinta-feira, Às 19h30, contra o Atlético Mineiro. O palco é a Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes