Petros não comparecerá ao seu segundo julgamento no STJD

Petros não comparecerá ao seu segundo julgamento no STJD

Por Larissa Emanuelle

2.9 mil visualizações 32 comentários Comunicar erro

Petros será julgado novamente pelo STJD

Petros será julgado novamente pelo STJD

Suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva por 180 dias, mas atuando com efeito suspensivo, o meia Petros não comparecerá ao julgamento que acontecerá nesta quinta-feira (11). O departamento jurídico do Timão tentará reduzir o tempo de suspensão.

Mesmo com o julgamento acontecendo um dia após o jogo do Corinthians contra o Atlético Mineiro, o camisa 40, que já está relacionado para esta partida, poderá atuar normalmente, já que as decisões tomadas pelo tribunal só entram em vigor após a publicação oficial, no caso, no dia seguinte.

O atleta alvinegro foi julgado e punido pelo STJD por um lance com o árbitro Raphael Claus, no clássico contra o Santos, quando o Corinthians conseguiu vencer o adversário dentro da Vila Belmiro. Após a punição, o mesmo chegou à perder espaço na equipe, mas foi titular na última partida.

Com Petros pelo menos no banco de reservas, o Timão enfrenta o Atlético Mineiro nesta quinta-feira (11), às 19h30, na Arena Corinthians. A equipe vai em busca de mais uma vitória em casa.

Veja Mais:

  • Sub-20 Corinthians enfrenta São Paulo em primeiro jogo da final da Copa do Brasil

    Na Arena, Corinthians desafia São Paulo em final inédita na Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Técnico da equipe colombiana não poupou elogios ao Corinthians

    Técnico do Millonarios se impressiona com Corinthians: 'Um dos favoritos ao título'

    ver detalhes
  • Paulo Roberto deve ser titular diante do Internacional

    Reapresentação do Corinthians indica um único titular contra Internacional; Sheik é ausência

    ver detalhes
  • Rodriguinho jogou amistoso pelo Brasil em junho de 2017, contra Austrália

    Rodriguinho, do Corinthians, compõe lista de suplentes da Seleção para Copa do Mundo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes