Gil condena atitude racista, mas não levará caso à Justiça

Gil condena atitude racista, mas não levará caso à Justiça

Por Meu Timão

5.0 mil visualizações 66 comentários Comunicar erro

Gil foi alvo de racismo, mas não vai levar caso adiante

Gil foi alvo de racismo, mas não vai levar caso adiante

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Após o fim do treino do Corinthians, nessa terça-feira, o xerifão Gil convocou uma coletiva para explicar toda a situação envolvendo Pato, racismo e o Instagram. Na ocasião, o zagueiro comentou uma foto postada pelo atacante, dizendo 'chupa, Pato', numa alusão à vitória alvinegra por 3 a 2, na Arena de Itaquera.

Logo na sequência, porém, Gil foi ofendido com a palavra "macaco" por um internauta e chegou a estudar uma ação judicial.

- Acaba sendo muito chato ter de falar disso aqui. Foi uma brincadeira com o Pato. Seis meses atrás ele estava conosco. Conversei com ele, o próprio Pato está rindo disso. Está mais do que esclarecido - disse Gil, sobre ter usado o termo 'chupa' numa foto postada por Pato.

Sobre ter sido chamado de 'macaco' por um jovem na internet, Gil disse:

- Fica muito vulnerável isso daí. Aconteceu com o Aranha faz pouco tempo. Não é o meu caso que vai fazer isso acabar no futebol. Prefiro não falar mais, não vou levar isso adiante, caso encerrado. Acredito que não vai mudar muita coisa.

Veja Mais:

  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes
  • Pacaembu irá receber clássico entre Corinthians e Santos no Brasileirão

    Rival solicita, e Corinthians voltará ao Pacaembu ainda em 2018

    ver detalhes
  • Reservas fizeram uma atividade de um contra um durante boa parte desta terça-feira

    Treino do Corinthians tem ausência de titulares, um contra um dos reservas e goleiros no futevôlei

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes