Mano fala sobre a subida da produção ofensiva do Corinthians

Mano fala sobre a subida da produção ofensiva do Corinthians

Por Meu Timão

Mano falou sobre a melhora da produção ofensiva de sua equipe

Mano falou sobre a melhora da produção ofensiva de sua equipe

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O técnico Mano Menezes falou bastante na entrevista coletiva, após a boa vitória sobre o Sport, sobre a produção ofensiva da equipe alvinegra que vem subindo nos últimos jogos.

Foram 3 gols no São Paulo, dois no Atlético Mineiro e mais três no jogo de hoje e, para o treinador, confiança e calma são os fatores preponderantes nesse arranque do seu ataque:

- Isso (da melhora do ataque) tem muito a ver com um pouco de calma. Nós apressávamos demais as jogadas e não é possível apressar e criar sempre. Quando há espaço e você faz contra-ataques rápidos, você ataca rápido e cria mais.

Porém, quando é ao contrário, com pouco espaço, precisávamos ter mais calma, coisa que não tínhamos. Acredito que o time passou a aprender a jogar contra times mais fechados e começamos a ter mais resultados ofensivos. A confiança dos atletas neles mesmos também é muito importante para que eles possam tomar as decisões nos momentos certos - declarou um feliz Mano Menezes.

Com a vitória de hoje, o Timão ficou colado no G4, só não fazendo parte desse seleto grupo de equipes, graças ao baixo número de vitórias.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes