STJD libera, mas Corinthians escolhe mandar partida em Cuiabá

STJD libera, mas Corinthians escolhe mandar partida em Cuiabá

Por Meu Timão

Arena Pantanal receberá Corinthians e Vitória

Arena Pantanal receberá Corinthians e Vitória

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Com ou sem STJD o Corinthians vai mandar o jogo na Arena Pantanal. A diretoria confirmou a partida em Cuiabá apesar do efeito suspensivo da punição pelas brigas no clássico contra o São Paulo. A decisão havia obrigado o clube a jogar a pelo menos 100km de distância da Arena Corinthians.

Apesar de conseguir a liberação, o Corinthians resolveu cumprir a pena assim mesmo - o acerto já estava encaminhado com a administração do estádio e a diretoria acha que pode ser mais seguro apostar na distância da Arena nesse momento.

Caso o efeito suspensivo fosse removido e o Corinthians definitivamente punido, o mando fora poderia acontecer em momento mais delicado do campeonato. Com três vitórias seguidas, a diretoria vê o confronto contra o Vitória como um momento mais propício para atuar fora de casa.

Apesar de perder a vantagem do conhecimento do campo, o Corinthians contará com o apoio da torcida. O time já jogou no estádio quando enfrentou o Bragantino, em agosto, e na ocasião viu casa cheia de torcedores que compraram cerca de 28.820 ingressos.

Veja Mais:

  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes
  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Peruano Cueva, convocado, será desfalque diante do Timão

    São Paulo deve ganhar trio de reforços titular contra Corinthians

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes