Prefeitura de São Paulo oficializou a redução dos incentivos para a Arena

Prefeitura de São Paulo oficializou a redução dos incentivos para a Arena

Por Meu Timão

Liberação de incentivos ainda é complicada para a Arena

Liberação de incentivos ainda é complicada para a Arena

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A prefeitura da cidade de São Paulo oficializou, de maneira definitiva, a redução dos incentivos concedidos à Arena Corinthians.

Conforme foi publicado no Diário Oficial, a resolução concedeu R$405 milhões em Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento (CID), 15 a menos do que o esperado e do que o que foi prometido oficialmente. Além disso, o documento publicado informa que a obra da Arena custou, até maio de 2014, R$ 675 milhões de reais.

Vale o destaque que, para o Corinthians e a Odebrecht, o valor mostrado pela Prefeitura não leva em conta salário, alimentação e equipamentos utilizados pelos funcionários contratados para erguer o estádio. Os dois envolvidos nas obras afirmam que esses valores passam dos R$ 100 milhões de reais.

O poder executivo do município afirma que o valor não foi liberado integralmente já que o estádio não está 100% concluído. A redução dos incentivos fiscais é um problema para as contas do Corinthians. Até o momento, do montante estipulado pela Prefeitura, apenas R$ 210 milhões foram repassados.

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes