Corinthians já avisa que não pagará nada a Sheik até o final de dezembro

Corinthians já avisa que não pagará nada a Sheik até o final de dezembro

Por Meu Timão

Timão já avisou que não pagará nada ao atacante Emerson

Timão já avisou que não pagará nada ao atacante Emerson

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O atacante Emerson Sheik foi dispensado pelo Botafogo no dia 3 de outubro e, já avisou a todo mundo ontem, que curtirá as praias cariocas até o final do ano.

Com isso, a diretoria corinthiana ficou divida entre a alegria e a angústia. Alegria por saber que não terá que montar uma programação especial de treinos para o atleta e, além disso, evitará que ele tenha contato com os jogadores alvinegros.

E a angústia fica por conta do salário de mais de meio milhão de reais que o jogador recebe mensalmente.Contudo, a diretoria assegura que não vai desembolsar sequer um centavo com o bad boy antes da virada do ano.

- A responsabilidade é do Botafogo, que o contratou por empréstimo. Por sinal, ninguém do Botafogo nos procurou até agora para falar sobre a dispensa do Sheik. Nem fomos comunicados oficialmente - explica Ronaldo Ximenes, diretor de futebol corintiano.

Ao contrário do que se divulgou na época do empréstimo de Sheik, o Corinthians não tem mais qualquer responsabilidade sobre os salários do atleta.

- Quando ele foi para o Rio, combinamos que nós arcaríamos com 100% dos vencimentos. Só que a história mudou quando contratamos o Lodeiro. Demos R$ 2 milhões ao Botafogo e esse dinheiro incluía o pagamento de Sheik até dezembro - justifica.

Desta maneira, cabe aos cariocas bancarem os vencimentos de Sheik. A preocupação no Parque São Jorge é de que o Sheik vá à Justiça contra o Corinthians pelo não cumprimento do acordo por parte do Botafogo. O clube carioca deve seis meses de direitos de imagem e três meses de salários na carteira ao grupo.

- Mas está bem claro no contrato que o Sheik só passa a ser nossa responsabilidade a partir de 2015. Até lá, ele é jogador apenas do Botafogo - tranquiliza Ximenes.

Sheik foi dispensado pelo presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, ao lado de Bolívar, Julio Cesar e Edilson.

Veja Mais:

  • Elenco volta a treinar nesta segunda-feira de olho no jogo contra a Chapecoense

    Corinthians define programação para semana de jogo remarcado e duelo na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians é líder do Brasileirão de forma isolada

    Palmeiras perde em casa, Santos tropeça fora, e Corinthians segue líder isolado do Brasileirão

    ver detalhes
  • Vagner Mancini teria ofendido jornalista da Rádio Bandeirantes

    Vaza suposto áudio de Mancini festejando vitória com ofensa a jornalista: 'Babaca corinthiano'

    ver detalhes
  • Vitória comemorou triunfo sobre o Corinthians nas redes sociais

    Vitória cita jargão corinthiano para comemorar triunfo na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes