Após avalanche de críticas, Mano aposta em jogadores mais rodados

Após avalanche de críticas, Mano aposta em jogadores mais rodados

Por Meu Timão

Mano resolveu dar chances aos medalhões do elenco alvinegro

Mano resolveu dar chances aos medalhões do elenco alvinegro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A escalação do Corinthians no Beira-Rio representa a ideia de Mano em apostar, no momento, em jogadores mais experientes para tirar o Corinthians da "crise".

Para o jogo do último final de semana, Jadson voltou a ser titular, Lodeiro voltou a vestir o manto e Danilo entrou nos minutos finais, quando Malcom e Luciano, que vinham sempre sendo utilizados, sequer saíram do banco de reservas.

Após ser goleado por 4 a 1 e cair para o Atlético-MG na Copa do Brasil, o treinador recebeu críticas por ter 'esquecido' de seus medalhões - principalmente Jadson e Lodeiro, contratados após grande insistência do próprio comandante.

A ideia da comissão técnica é dividir mais as responsabilidades entre todo o elenco e evitar o descontentamento dos principais jogadores no momento de pressão externa. Internamente, algumas escolhas de escalação vinham desagradando.

- Apesar de ter ficado um tempo fora, continuei trabalhando com o mesmo empenho porque eu sabia que a oportunidade iria aparecer. Agora é seguir com a mesma dedicação e me manter preparado para ajudar o Corinthians nessa reta final. Estamos na briga pelo título e não iremos desistir - afirmou o meia Jadson.

- Quem tem mais experiência e é mais rodado, consegue lidar com a adversidade de uma forma melhor. Mas a chateação é a mesma, o sentimento de tristeza e decepção são os mesmos - acrescentou Petros, que chegou há poucos meses e, diante do Galo, esteve abaixo do seu rendimento normal, assim como outros menos rodados do atual elenco.

- Não teria outra forma de reagir a não ser vencer o Inter. A gente se reuniu, dissemos que precisávamos vencer e conquistar o maior número de pontos - finalizou o camisa 40.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes