Elias provoca e torcida não perdoa comemoração 'polêmica'; jogador se explicou

Elias provoca e torcida não perdoa comemoração 'polêmica'; jogador se explicou

Por Meu Timão

12 mil visualizações 135 comentários Comunicar erro

Elias mandou um torcedor 'ficar quieto' depois do primeiro gol

Elias mandou um torcedor 'ficar quieto' depois do primeiro gol

Foto: Gazeta Press

Desde que voltou ao Corinthians, Elias ainda não conseguiu reapresentar seu bom futebol. E o atleta é um dos que mais vendo sendo cobrados pela torcida, ao fim de uma temporada decepcionante no Parque São Jorge.

Na partida de hoje, porém, após marcar o primeiro gol do Corinthians, o jogador resolveu rebater as críticas e fez um gesto polêmico para a torcida. Com o dedo em riste em direção à boca, num gesto de "cale-se", o jogador se dirigiu às arquibancadas.

A atitude irritou os torcedores - especialmente naquele momento da partida, quando o Corinthians ainda perdia por 2x1. Elias foi vaiado por muitos dos torcedores na Arena, e ainda discutiu com um dos torcedores após o fim do jogo.

Em entrevista na saída do campo, o jogador afirmou que o gesto foi dirigido ao mesmo torcedor com quem o jogador se estranhou. Segundo ele, o torcedor alvo do gesto já havia aparecido no CT e fez parte do grupo que dirigiu protestos contra a equipe. Visivelmente irritado, o jogador minimizou o gesto e direcionou a raiva para aqueles torcedores que, segundo ele "não representam o Corinthians" e apostou na classificação para a Libertadores com o apoio da Fiel.

Veja Mais:

  • Lucca acertou com Internacional por empréstimo

    Lucca, ex-Corinthians, é anunciado pelo Internacional; Fiel aguarda anúncio de Roger

    ver detalhes
  • Contra o Fluminense, Leste Superior ficou longe de estar cheia. Oeste então...

    Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui

    ver detalhes
  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes