Buscando mais transparência, CBF quer saber com que dinheiro os clubes contratam

Buscando mais transparência, CBF quer saber com que dinheiro os clubes contratam

Por Meu Timão

Marin quer mais transparência dos clubes com relação à compra e venda de jogadores

Marin quer mais transparência dos clubes com relação à compra e venda de jogadores

No começo de 2015, algumas coisas devem mudar no futebol brasileiro. A primeira grande mudança deverá vir da CBF que pretende mostrar um novo documento para os clubes do país.

Na nova determinação, os clubes deverão prestar contas sobre o registro e a transferência de atletas. Além de tirar todas as dúvidas sobre o que pode e que não pode, a entidade quer criar medidas específicas para dar transparência nas negociações dos atletas. As informações são do portal da ESPN e da repórter Camila Mattoso.

Uma comissão formada por diretores de Marin e de alguns presidentes das federações foi formada para discutir a ideia. Do que já foi debatido, a ideia é obrigar os times de futebol a divulgarem os valores das transações, como elas foram feitas e com quais empresários.

- É uma coisa que está sendo discutida com o objetivo único de dar transparência para o futebol brasileiro. Os clubes vão ter que dizer quanto pagaram para ter tal jogador, como foi a compra e quais foram os empresários que participaram do negócio. Essas são apenas algumas das coisas que eles terão de mostrar com o novo regulamento - afirmou Mauro Carmélio, presidente da federação cearense, em contato com a reportagem.

- Ainda não terminamos. Mas isso deve constar no documento final da comissão. Se será aprovado, eu já não sei dizer, mas acredito que sim - completou.

De acordo com Reinaldo Buzzoni, que comanda agora o departamento de registros da CBF, a intenção é também diminuir as confusões nos campeonatos.

- Além de querer mais transparência dos clubes na questão das transferências, o documento vai ajudar os diretores dos times a saberem o que podem ou não fazer. Muitas vezes eles têm dúvidas e não há em nenhum lugar informações sobre isso. A partir do ano que vem, eles terão. Vai ser uma medida muito importante - disse.

- Queremos que haja mais transparência nas negociações e nas contratações. A gente precisa ter regras para isso e vamos criá-las - finalizou.

O diretor da entidade ainda explicou que o documento final será enviado para a Fifa, para que ela autorize as novas regras que serão criadas para a temporada de 2015.

- Vamos acabar o novo regulamento e enviaremos para a Fifa. Ela pede que seja assim e precisa aprovar as nossas intenções. Especialmente na parte das transferências. Pelo que sabemos, ela tem acordo com o que estamos elaborando e não deve ser um problema. Isso certamente estará pronto para 2015 - finalizou Buzzoni.

Veja Mais:

  • Carille abriu o jogo sobre planejamento corinthiano de contratações para 2018

    Damião? Substituto para Arana? Carille abre o jogo sobre contratações do Corinthians

    ver detalhes
  • Zé Rafael, de 24 anos, tem contrato com o Bahia até 2020

    Corinthians reforça interesse em Zé Rafael, mas tem de esperar até 9 de dezembro; entenda

    ver detalhes
  • Romero não jogará contra o Atlético-MG, mas estará na Arena Corinthians

    Mesmo suspenso, Romero tem duas metas para jogo da festa contra o Atlético-MG no domingo

    ver detalhes
  • Carille quer contar com seu reserva imediato em 2018

    Permanência de Walter é desejo de Carille, mas técnico já tem plano B em caso de saída

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes