Malcom demonstra timidez nas entrevistas e relembra a Copinha

Malcom demonstra timidez nas entrevistas e relembra a Copinha

Por Larissa Emanuelle

Malcom teve o apoio de Mano Menezes e ajudou na vitória sobre o Bahia

Malcom teve o apoio de Mano Menezes e ajudou na vitória sobre o Bahia

Protagonista contra o Bahia, o atacante Malcom ainda não se acostumou com as entrevistas que precisará conceder à cada vez que atuar com a camisa do Corinthians. Relembrando a pressão na disputa da Copa São Paulo de Futebol Junior, o jogador comentou sobre sua fase no clube paulista.

"Quando chamaram, falei: '"Ixi, mó vergonha, né"?. Fico meio nervoso, meio com vergonha de falar. Mas é melhor aqui, parece mais um bate-papo. É bem melhor um monte de zagueiro do que um monte de microfone", brincou.

A jovem promessa do Corinthians não acredita que a pressão nas categorias de base tenha sido diferente.

'Na minha cabeça, acho que não muda nada'.

'Os moleques com quem eu joguei na taça tinham 20 anos. Eu tinha 16. Então, falavam a mesma coisa. Lógico, o pessoal aqui é mais experiente e já viveu muito no mundo do futebol', disse, procurando balancear personalidade com humildade. 'Procuro sempre ouvir para depois executar.'

Veja Mais:

  • Fernando César (empresário), Roberto de Andrade, Pablo, Flávio Adauto e Alessandro em reunião

    Corinthians acerta permanência de Pablo; resta acordo com Bordeaux

    ver detalhes
  • Com derrota por 3 a 0 no placar agregado, Timão ficou com o vice do Brasileirão 2017

    Valente, Corinthians/Audax sofre nova derrota e é vice-campeão brasileiro de 2017

    ver detalhes
  • Walter não será liberado pelo Corinthians

    Corinthians bate o martelo e não libera Walter para o São Paulo; novo encontro no sábado

    ver detalhes
  • Meia sentiu a costela após dividida com Betão

    Jadson tem fratura constatada e desfalca Corinthians por um mês

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes