Jogo entre Corinthians e Grêmio quase alcançou o recorde de público da Arena Corinthians

Jogo entre Corinthians e Grêmio quase alcançou o recorde de público da Arena Corinthians

Por Larissa Emanuelle

Torcedor compareceu à Arena ainda mais e acompanhou a vitória do Timão

Torcedor compareceu à Arena ainda mais e acompanhou a vitória do Timão

Em um jogo bastante movimentado, Corinthians e Grêmio duelaram por uma vaga na Libertadores da América 2015. Embalado e jogando bem, o Timão venceu a quarta partida consecutiva no Brasileirão em um jogo que quase alcançou o recorde de público da Arena Corinthians.

A expectativa para este duelo entre o clube paulista e o time gaúcho era de casa cheia e por muito pouco não se escreveu um novo recorde. Ao todo, 36. 511 pessoas acompanharam a vitória do Corinthians por 1 à 0 (36.307 pagantes).

O recorde de público do novo estádio alvinegro é do jogo entre Timão e Botafogo, onde 37.119 pessoas compareceram ao local. Ainda que não tenha conseguido bater o recorde, a partida deste domingo teve o melhor público após a Copa do Mundo. Além disso, rendeu R$ 2.644.690,00.

O próximo jogo do Corinthians será contra o Fluminense, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Um empate já garante o time de Mano Menezes na Libertadores.

Veja Mais:

  • Jornal O Globo, do Rio de Janeiro, tenta decifrar o Corinthians de Fábio Carille

    Jornal carioca faz 'manual para os antis' e tenta ensinar como vencer o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Marquinhos é aposta de Carille para conquistar vitória na Colômbia

    Corinthians visita Patriotas para encaminhar classificação às oitavas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Timão e Fluminense medem forças em menos de um mês

    Com jogo indefinido, Corinthians conhece detalhes de mais cinco rodadas do Brasileirão; confira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes