Candidato da situação, Roberto de Andrade descarta qualquer negociação de Emerson Sheik com o Palmeiras

Candidato da situação, Roberto de Andrade descarta qualquer negociação de Emerson Sheik com o Palmeiras

Por Larissa Emanuelle

3.9 mil visualizações 38 comentários Comunicar erro

Emerson poderia ser negociado com o Palmeiras. No entanto, Roberto de Andrade descarta qualquer possibilidade de um acerto com o rival

Emerson poderia ser negociado com o Palmeiras. No entanto, Roberto de Andrade descarta qualquer possibilidade de um acerto com o rival

Sem clube após ser dispensado pelo Botafogo, mas ainda jogador do Corinthians, o atacante Emerson Sheik poderia ser negociado por um empresário para ir jogar no Palmeiras. No entanto, a ida do jogador para o rival alviverde não deve acontecer.

O candidato a presidência da situação, Roberto de Andrade, descartou qualquer possibilidade do jogador atuar no Palmeiras.

“Pode esquecer essa história. Para o Palmeiras, o Sheik não vai de jeito algum”.

“O Emerson não vive dizendo que adora o Rio de Janeiro. Então, que ele arranje um clube para jogar por lá”, completou Roberto.

O jogador poderia retornar ao Timão na próxima temporada, mas já desperta o interesse tanto do Palmeiras, como do Atlético Mineiro.

Veja Mais:

  • Titular diante do Botafogo, Roger é 'baixa inesperada' para clássico no Morumbi

    Roger sofre entorse e desfalca Corinthians no Majestoso; veja três possibilidades de escalação

    ver detalhes
  • Clayson reforça Timão no primeiro clássico pós-Copa do Mundo; Roger está fora

    Sem Roger, Loss relaciona Douglas e ganha retorno de atacante para clássico contra São Paulo

    ver detalhes
  • Douglas foi apresentado na tarde desta sexta-feira no CT

    Apresentado no Corinthians, Douglas se diz 200% curado de doença e já se coloca à disposição

    ver detalhes
  • Gabriel conversou com a imprensa na véspera do clássico Majestoso

    Volante do Corinthians volta a falar grosso e reafirma: 'Brigamos pelos três títulos'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes