Guerrero afirma: 'Eu sou corinthiano e quero ficar aqui'

Guerrero afirma: 'Eu sou corinthiano e quero ficar aqui'

Por Larissa Emanuelle

Guerrero foi o grande nome da arrancada corintiana no Brasileiro

Guerrero foi o grande nome da arrancada corintiana no Brasileiro

Artilheiro do Corinthians na temporada, o centroavante Guerrero ainda não sabe se seguirá no Timão ou não. Clube e atleta ainda negociam a renovação de contrato, que está emperrada graças aos valores pedidos, contrários aos oferecidos pela diretoria.

Um dos melhores atacantes do Campeonato Brasileiro e premiado por isso, o peruano reafirmou o seu desejo de permanecer.

" Sou corintiano, quero ficar, a decisão passa pela diretoria. Sou jogador do Corinthians, espero seguir, conseguir mais títulos. Acho que está dentro das possibilidades do Corinthians (os valores). A Libertadores é uma influência, é um plus. Corinthians é candidato ao título e vou lutar até o fim para conquistar".

" Para mim foi um orgulho fazer esses dois gols no mundial. Marcou história e me sinto muito orgulhoso em vestir essa camisa. Como eu já disse, eu sou corintiano e quero ficar aqui, mas a decisão passa pela diretoria. Ainda sou jogador do Corinthians, espero continuar aqui e conseguir mais titulos", finalizou.

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes