Flamengo aumenta proposta e entra de vez na briga por Dudu

Flamengo aumenta proposta e entra de vez na briga por Dudu

Por Meu Timão

Corinthians, Internacional, Flamengo e São Paulo querem Dudu

Corinthians, Internacional, Flamengo e São Paulo querem Dudu

O Flamengo parece querer Dudu a qualquer preço. Segundo o jornal Lance, o clube da Gávea fará uma nova oferta ao time ucraniano para contratar o atleta.

A equipe rubro-negra deve aumentar a oferta para tirar o jogador do Dínamo de Kiev. Após ter uma proposta de cerca de R$ 9,6 milhões (€ 3 milhões) recusada pela equipe ucraniana, o Rubro-Negro deve oferecer R$ 13,2 milhões (€ 4 milhões) aos europeus para acertar a contratação.

O valor, no entanto, ainda está abaixo do pedido pelo time de Kiev para negociar o atacante de 22 anos. Ao ter sua primeira oferta recusada, o Flamengo ouviu que o jogador não seria negociado por menos de R$ 16,5 milhões (€ 5 milhões). Mesmo sem a intenção de chegar a esta pedida, o clube do Rio de Janeiro se mantém otimista.

Emprestado ao Grêmio, Dudu foi um dos destaques de 2014 no Brasileirão. Sem acordo para renovação, no entanto, o atacante chegou a se despedir do elenco do Tricolor. Além do Flamengo, outras equipes também tem interesse no atacante, como Corinthians, São Paulo e Internacional.

Veja Mais:

  • Balbuena subiu mais alto do que todo mundo para marcar o gol do Corinthians

    Balbuena faz golaço de cabeça, e líder Corinthians vence Fluminense pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena marcou o gol da vitória do Corinthians

    Balbuena e Cássio são os melhores em vitória do Corinthians; Carille se destaca também

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille venceu Fluminense de Abel Braga

    Carille, após vitória do Corinthians: 'Não tem time invencível. Tem time que trabalha muito sério'

    ver detalhes
  • Balbuena fez gol e Giovanni Augusto deu assistência em vitória do Corinthians no Rio

    Vitória do Corinthians frustra trio de perseguidores e pressiona Grêmio; veja a classificação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes