Querendo o Corinthians, Dudu chuta o balde na pedida salarial pro São Paulo

Querendo o Corinthians, Dudu chuta o balde na pedida salarial pro São Paulo

Por Meu Timão

92 mil visualizações 349 comentários Comunicar erro

Dudu jogou um balde de água fria na diretoria do São Paulo

Dudu jogou um balde de água fria na diretoria do São Paulo

Foto: Getty

O jogador Dudu, pleiteado pelo Corinthians na temporada, viu sua vontade de atuar pelo Parque São Jorge frustada pelo time do Morumbi. O São Paulo, avançou nas negociações com o Dínamo, a despeito do acerto do atacante com o Timão.

O jogador porém, deu um troco a altura na diretoria são-paulina - elevou a pedida salarial para o jogar no Tricolor. A pedida foi um balde de água fria para Aidar e companhia, já que o jogador pediu um valor acima do teto salarial do clube,

Segundo o portal Lancenet, que divulgou a informação nesta tarde - o movimento de Dudu já havia sido previamente combinado com a diretoria do Corinthians. Assim, o impasse impediria o São Paulo de prosseguir com com a negociação.

O episódio pode marcar um novo desfecho para a novela da contratação mais acirrada da temporada, que se tornou um verdadeiro "clássico de forças" entre os rivais. Apesar das declarações de Gobbi, descartando a volta de Dudu, a torcida ainda pode aguardar por surpresas.

Veja Mais:

  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    [Danilo Augusto] Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Gobbi, últimos presidentes do Corinthians

    Diretor financeiro do Corinthians analisa detalhes do balanço de 2017; leia a entrevista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes