Edu Gaspar promete que pendências financeiras com atletas serão solucionadas

Edu Gaspar promete que pendências financeiras com atletas serão solucionadas

Por Meu Timão

Edu Gaspar ficou satisfeito com o resultado da pré-temporada na Flórida

Edu Gaspar ficou satisfeito com o resultado da pré-temporada na Flórida

Foto: Meu Timão

Após a vitória do Timão contra o Bayer Leverkusen, nesse sábado em Jacksonville, o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, garantiu que a situação financeira será "equacionada" nos próximos dias, resolvendo as pendências de imagens em atrasos com os jogadores.

- Os jogadores estão tranquilos, eles sabem da situação. Conversamos com todos eles, um por um, e a situação já está "equacionada" - disse o diretor de futebol, respondendo a pergunta do jornal Lance, que tentou insistir no assunto financeiro, mas Edu, ainda no clima da vitória, preferiu relevar os ângulos positivos da pré-temporada.

Quando a reportagem do Meu Timão perguntou a Edu Gaspar sobre os planos do time de voltar aos Estados Unidos em 2016, o gerente de futebol abriu o sorriso, falou que o time tem prioridade pra jogar novamente a mesma competição no ano que vem, demonstrando entusiasmo.

O clima pós-jogo, após uma vitória significante era ótimo entre os jogadores e a diretoria de futebol.

Veja Mais:

  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes
  • Para Roberto, Arena Corinthians é 'dez vezes melhor' que o Morumbi

    Roberto de Andrade ironiza possibilidade do Morumbi sediar finais do Paulista

    ver detalhes
  • Jogadores comemoram vaga na final do Paulista após eliminar o São Paulo na Arena

    FPF confirma datas, horários e locais das finais do Paulistão 2017

    ver detalhes
  • Raphael Claus tem um retrospecto polêmico em jogos do Timão

    Pivô de polêmicas, árbitro é escalado para jogo de ida da final entre Corinthians e Ponte Preta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes