Maior campeão do Paulistão, Corinthians mantém hegemonia no torneio há 33 anos

Maior campeão do Paulistão, Corinthians mantém hegemonia no torneio há 33 anos

Por Diego Salgado

Em 2013, Corinthians ergueu a taça do Paulistão pela 27.ª vez e voltou a abrir vantagem

Em 2013, Corinthians ergueu a taça do Paulistão pela 27.ª vez e voltou a abrir vantagem

Foto: Luis Fernando Menezes/Foto Arena

Dono de 27 títulos do Campeonato Paulista, o Corinthians alcançou a hegemonia no Campeonato Paulista em 1997. Na ocasião, o clube conquistou o 22.º título estadual e ultrapassou o Palmeiras, que havia empatado a disputa no ano anterior. O alvinegro é o maior campeão da competição estadual há 33 anos, quando ergueu a taça da edição de 1982 e chegou aos mesmos 18 títulos do arquirrival.

Desde então, o Palmeiras conseguiu, no máximo, igualar a marca corintiana - o fato deu-se em 1994 e 1996. Nos últimos 18 anos, o Corinthians abriu vantagem ao conquistar cinco títulos (1999, 2001, 2003, 2009 e 2013). A equipe alviverde, por sua vez, só sagrou-se campeã em 2008.

Dessa forma, o time corintiano repetiu uma marca que durava 85 anos - em 1930, eram cinco taças estaduais de vantagem alvinegra, a maior da história.O Corinthians é também, ao lado do Santos, o clube com mais tricampeonatos no Paulistão, com três. A façanha corintiana ocorreu pela última vez entre 1937 e 1939, repetindo o triênio 1922/1923/1924 e 1928/1929/1930. Isso ajudou o time a igualar o número de título do Paulistano, que conquistou 11 edições até 1929. Depois de 12 anos, entretanto, o Corinthians atingiu o topo ao ser campeão estadual pela 12.ª vez.

Após um breve jejum corintiano de dez anos sem títulos, o Palmeiras conseguiu, pela primeira vez, empatar a disputa. Com as vitórias em 1951, 1952 e 1954, o Corinthians chegou a 15 taças estaduais, três à frente do rival. O tabu de 22 anos e 8 meses, porém, fez o time do Parque São Jorge perder a liderança. Nesse período, o time alviverde sagrou-se campeão seis vezes - assim, o placar antes do título de 1977 marcava 18 a 15 para o Palmeiras.

Os três campeonatos vencidos pela geração de Sócrates (1979, 1982 e 1983) recolocaram o Corinthians no topo. Seis anos depois, em 1988, Viola deu à equipe alvinegra o 20.º troféu do Campeonato Paulista. À época, o torneio vivia a maior disputa pela hegemonia. Em 1994, por exemplo, o Corinthians se mantinha na ponta, com 20 títulos, mesmo número do Palmeiras. Já o São Paulo somava 18. O Santos, 15. Atualmente, a briga se restringe à segunda posição. O time alviverde tem 22 conquistas, contra 21 da equipe são-paulina e 20 dos santistas.

Veja Mais:

  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de mais uma grande disputa do futebol mundial

    Arena Corinthians aparece em lista de prováveis sedes para finais da Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes