Visivelmente irritado, Tite evita falar de Guerrero e aponta Malcom como provável substituto

Visivelmente irritado, Tite evita falar de Guerrero e aponta Malcom como provável substituto

Tite se irritou com suspensão de Guerrero

Tite se irritou com suspensão de Guerrero

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apesar da classificação para a próxima fase da Libertadores, o técnico Tite não parecia feliz na coletiva de imprensa após o jogo. O motivo? Paolo Guerrero. O atacante foi suspenso por três jogos por causa da expulsão no jogo contra o Once Caldas, na quarta-feira passada. Ele está fora dos jogos contra o São Paulo, no dia 18 de fevereiro, e contra o San Lorenzo, em 4 de março.

"Sobre o Guerrero, eu não vou falar nada. Mas tenho vontade, confesso. Vou deixar com a direção e com o jurídico", declarou, visivelmente irritado com a situação.

Para o confronto de hoje, contra o Once Caldas, o técnico escalou Danilo no lugar do peruano. Contra o São Paulo, ele já terá à disposição o atacante Vagner Love, contratado na última sexta-feira. Questionado sobre qual seria a sua decisão, Tite deixou a entender que Malcom é quem está na frente na briga pela vaga do peruano.

"Eu não tenho nenhuma informação e não tive nenhum contato com o Vagner. Não posso te falar. Tive o primeiro contato com o Malcom agora e pelo grande jogo que teve o Mendoza (contra o Palmeiras), a minha opção foi mantê-lo no banco. Mas, eu disse para o Malcom que se ele estivesse desde o início, ele iria começar com os 11 titulares, teoricamente", explicou.

Além de Malcom e Vagner Love, o técnico também pode contar com Danilo e Luciano para a vaga de Guerrero.

Veja Mais:

  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes